Fim da reeleição na câmara de vereadores de Jaguaquara - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Fim da reeleição na câmara de vereadores de Jaguaquara

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 8 de junho de 2018 - 0 Comentários

Jaguaquara: Vereadores derrubam Emenda à Lei Orgânica que permitia reeleição do presidente 



Em votação por 9 votos a 6, vereadores governistas e oposicionistas se uniram e derrubaram a proposta de Emenda à Lei Orgânica que permitia a reeleição da Mesa Diretora do Legislativo de Jaguaquara. A proposta apresentada pelo atual presidente da Casa, Élio Boa Sorte, que pretendia disputar à reeleição, visa adequar o Regimento Interno da Casa à Lei Orgânica do Município (LOM) e foi rejeitada por 6 dos 15 parlamentares. 
Boa Sorte teria dado entrada na Emenda na sessão do último dia (30). No primeiro momento, o vereador Lindoval Muniz (PP) pediu vista do projeto apresentado. Nesta quarta (6), Muniz manteve seu posicionamento contrário a reeleição do atual presidente, unindo-se a outros dois parlamentares da base do prefeito Giuliano Martinelli (PP), o ex-presidente Raimundo Louzado (PR), que não esconde sua pretensão de candidatar-se à presidência novamente e Cristiane Pinheiro (PP), que apesar de ser prima de Martinelli, também reagiu de forma contrária à reeleição, mesmo consciente da boa relação do primo prefeito com o líder do Poder Legislativo e justificou revelando ser favorável a alternância na presidência. 
Os três governistas se somaram aos votos da oposição: Sara Helem (DEM), Valdir Souza (PHS) e Roque Machado (PSL). Votaram a favor, acompanhando Boa Sorte, os edis: Nildo Pirôpo (PSB), Francisnei Santos (PSL), Edenilson Brustolin (SD), Jocemar Oliveira (PR), Uelson Pereira (PRB), Edmilson Barbosa (PTB), Alex Amorin (PRB) e Sandoval Matias (PSB). A decisão desta quarta veda o direito de reeleição a presidência da Casa e, como Élio já exerce o cargo pelo segundo mandato, não poderá se candidatar na próxima eleição para nova Mesa Diretora, que deve ocorrer no dia (20) de dezembro.
”Sou vereador até 2020 e continuar presidente era também um desejo do prefeito, mas é a vida e a gente tem que continuar. Vou continuar seguindo a orientação do prefeito e, em dezembro, teremos uma nova eleição. Vamos conversar com o prefeito, escolher um nome dentro do grupo e vamos saber quem o prefeito e os vereadores acham que deve ser o candidato. Vou continuar minha luta na saúde, concluir as reformas estruturantes dessa casa, porque a vida continua. Permanecer por mais dois anos era pra levar mais obras a população, pois aqui a gente sempre fez as coisas com transparência”, disse Boa Sorte em seu discurso. câmara
Informações e foto via Blog Marcos Frahm


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif