Lula poderá ser preso pelo Policia Federal em março - Itiruçu Notícias
Arrow
formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Lula poderá ser preso pelo Policia Federal em março

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 7 de março de 2018 - 0 Comentários

STJ  recusa  habeas corpus e o  juiz Sergio Moro poderá  emitir a ordem de prisão depois de analise dos embargos



A decisão da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça de negar um habeas corpus preventivo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tornou mais próxima a possibilidade de prisão do petista. No cenário atual, isso depende apenas de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região analisar os embargos de declaração apresentado por sua defesa,  que não têm capacidade de alterar o resultado de julgamento no caso do tríplex do Guarujá (SP).
Seguindo o entendimento em vigor do Supremo Tribunal Federal, que autoriza a prisão enquanto houver possibilidade de recurso, o TRF4 informou que o cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de prisão do petista terá início assim que os embargos forem julgados e o processo em segunda instância estiver encerrado.

A análise do recurso na sessão de julgamento não tem sustentação oral da defesa, o que permite uma decisão rápida . Uma vez esclarecidos os pontos do acórdão questionados pelos advogados, o processo é concluído no TRF4 e remetido à primeira instância, onde cabe ao juiz Sergio Moro emitir a ordem de prisão.
A avaliação da alta cúpula do PT é que o pedido de prisão do líder petista ocorra ainda em março. A medida será um baque na imagem do ex-presidente, que ainda trava uma batalha jurídica para conseguir ser candidato, já que a condenação em segunda instância o impede de disputar eleições, conforme a lei da Ficha Limpa. Resta ao partido seguir com o discurso de que Lula está sendo perseguido ou, com a ajuda dele mesmo, criar um nome alternativo. Hoje, o PT está inclinado para a primeira opção.

Reportagem de VEJA desta semana revelou o plano de Polícia Federal para cumprir o mandado de prisão do ex-presidente, prevista para ocorrer no dia 23 de março. Cerca de 350 pessoas estarão de prontidão e a Polícia Militar está em alerta para conter protestos e isolar avenidas consideradas estratégicas para a logística da operação. Depois de preso, Lula deve seguir de São Paulo a Curitiba, onde ainda são avaliadas cinco opções para o encarceramento do ex-presidente.
A PF espera deter Lula em sua casa, em São Bernardo do Campo (SP), mas está disposta a negociar com a defesa do ex-presidente o local de rendição. Para não dar impulso ao discurso de Lula segundo o qual ele tem sido vítima de perseguição, já foi acordado, por exemplo, que não haverá uso de algemas nem de camburão.

Para evitar a prisão, resta ainda a Lula uma última cartada: conseguir que o STF mude o seu entendimento sobre o cumprimento de pena de prisão após condenação em segunda instância. Em 2016, a Corte decidiu, em votação apertada (6 a 5), que isso era possível, mas o cenário pode ter mudado.
A revisão da posição do STF depende de a presidente da Corte, Cármen Lúcia, marcar o julgamento de processos que tratam do tema – há dois deles prontos para serem votados e ainda um pedido da própria defesa de Lula, liderada pelo ex-presidente do Supremo Sepúlveda Pertence. Apesar da pressão para marcar a data deste julgamento, a ministra não dá nenhum sinal de que pretenda fazer qualquer movimento neste sentido.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif