35% dos prefeitos baianos não tentam reeleição - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


35% dos prefeitos baianos não tentam reeleição

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 12 de setembro de 2016 - 0 Comentários


A crise político econômica pela qual passa o Brasil, e a dificuldade em cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) são fatores que levaram 109 dos 307 prefeitos baianos que estão aptos a disputar a reeleição a desistir do pleito. Pelo menos é o que diz a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeita do município de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB) ao jornal Tribuna da Bahia.
Dos 417 prefeitos, 307 estão no primeiro mandato, o que lhes dá o direito de tentar mais uma eleição. Mas de acordo com levantamento feito pela UPB com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 35% dos gestores que poderiam se candidatar desistiram do pleito (109).
"Hoje os municípios brasileiros têm muita dificuldade de cumprir os índices de investimentos com percentual mínimo obrigatório (como saúde e educação). Muitos prefeitos não conseguem nem mais pagar a folha de salário dos servidores. E isso não é só na Bahia. É em todo o país. Diante desse quadro, muitos prefeitos estão desistindo do Executivo, porque com dinheiro ou não, ele é obrigado a cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, e se não cumpre, ele terminará seu mandato com processo nas costas, o que ainda pode deixa-lo inelegível", disse Maria Quitéria em entrevista à Tribuna.
Ainda de acordo com Maria Quitéria, "muitos municípios na Bahia e no Brasil não se sustentam sem o FPM". "É preciso adotar no Brasil um modelo de partilha de recursos com mais igualdade, com mais receita para os municípios mais pobres. É assim nos países de primeiro mundo. Mas aqui, infelizmente a situação é inversa. Os pobres recebem menos recursos", lamenta a prefeita de Cardeal da Silva.
Foto Arquivo Itiruçu Notícias


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação