Catu terá unidade de beneficiamento da mandioca - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Catu terá unidade de beneficiamento da mandioca

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 24 de agosto de 2016 - 0 Comentários



Agricultores e agricultoras familiares do município de Catu, do Território de Identidade Litoral Norte e Agreste Baiano, reuniram-se nesta terça-feira (23), para participar do II Encontro Municipal da Agricultura Familiar. No evento, que contou com a presença do Secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, foram entregues, à Prefeitura Municipal de Catu, mais 30 barracas de feira livre, padronizadas, e assinado um convênio para implantação de uma unidade de beneficiamento da mandioca, por meio do projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR).
No evento, que teve o objetivo de fortalecer este segmento, enfatizando todos os avanços e desafios, em parceria com os governos estadual e federal, foram debatidos temas de interesse dos agricultores familiares como a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), Programa Nacional de Apoio à Agricultura Familiar (Pronaf), piscicultura e linhas de Crédito Rural. Durante a realização do encontro aconteceu também uma Feira da Agricultura Familiar, na área externa do Centro Administrativo de Catu, onde foi realizado o encontro.

O secretário Jerônimo Rodrigues, ressaltou que no município de Catu, onde são fortes setores como a indústria e o comércio, a agricultura familiar, que tem o importante papel de colocar cerca de 80% dos alimentos que são consumidos pelos baianos, deve ser fortalecida na organização da produção e em suas associações e cooperativas.                                                     
Rodrigues destacou ainda a parceria entre as secretarias municipais de Agricultura e Educação e o IF Baiano, para viabilizar a ampliação das compras públicas de produtos da agricultura familiar, em mercados institucionais, por meio de programas como o Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Este encontro e a feira diversificada da agricultura familiar realizada nesse espaço, mostram o potencial desse segmento para a geração de renda e para agroindustrialização da produção, que, junto com outros setores, irão melhorar a economia local”.

Para a agricultora do município de Catu, Daniela de Araújo Gonçalves, que estava expondo produtos derivados da mandioca, dendê e frutas, em uma das barracas padronizadas, cedidas pela CAR/SDR, “as barracas nos beneficiarão porque são a oportunidade de divulgarmos a nossa comunidade e o nosso trabalho de uma forma mais apresentável, não só na feira no sábado, mas onde for possível expor, porque, por falta de um espaço adequado às vezes até perdíamos produtos”.
Durante o evento foi assinado o convênio, firmado entre Associação Comunitária e de Agricultores Familiares da Fazenda Panelas e a SDR, para a implantação de uma unidade de beneficiamento de mandioca. A ação, que beneficiará, inicialmente, 40 famílias de agricultores dessa comunidade, é resultado da seleção do edital Socioambiental do projeto Bahia Produtiva, executado pela CAR.

Para a presidente da Associação, Célia Rabelo dos Santos, a chegada da unidade de beneficiamento representa muito para a comunidade que é produtora de mandioca. “Nós produzimos e trabalhamos de forma manual, mas precisávamos de uma casa de farinha mecanizada para aumentar a produção e passar a produzir outros subprodutos como beiju e biscoitos, o que irá melhorar a renda das famílias e a nossa expectativa é que aumente o número de famílias beneficiadas”.
Participaram do evento, representantes de diversos órgãos e entidades da Agricultura Familiar, a exemplo do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, da Central das Associações, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, CAR, Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) e Bahia Pesca.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif