Bahia tem abertura para novas operações de crédito - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Bahia tem abertura para novas operações de crédito

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 29 de junho de 2016 - 0 Comentários

Presidente da Comissão de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Alex Lima (PTN) comentou o fato de a Bahia ter recebido do Tesouro Nacional a melhor nota do Nordeste e a terceira melhor do país no que diz respeito à capacidade de pagamento de dívidas e outros compromissos. Para o parlamentar, o confortável perfil de endividamento da Bahia abre caminhos para novas operações de crédito, fundamentais para a continuidade dos investimentos em infraestrutura mantidos pelo Estado na capital e no interior. “A Bahia vai na contramão de grandes estados que tem enfrentado problemas financeiros. A dívida corrente líquida do Estado equivale a 54% da receita corrente líquida, enquanto alguns dos grandes estados já estão próximos ou acima do limite máximo de 200%, estipulado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Isso permite novas operações financeiras para dar continuidade aos investimentos já iniciados”, afirmou.

Com conceito (B) obtido após avaliações técnicas do Tesouro Nacional, a Bahia ficou abaixo apenas de Pará (A-) e Tocantins (B+), ganhando destaque nacional diante da boa saúde fiscal. Para Alex Lima, o perfil de endividamento da Bahia é reflexo de uma gestão madura e consciente desenvolvida pelo governador Rui Costa e o secretário da Fazenda, Manoel Vitório. “Como presidente da Comissão de Finanças, acompanho o controle dos gastos do estado e sei que apesar da queda da receita a Bahia tem conseguido manter os compromissos e dar continuidade aos projetos. O governador e o secretário da Fazenda têm demonstrado capacidade de gerenciamento e a nota recebida no ranking do Tesouro é apenas o retorno destas boas ações”, disse o deputado
Informações
Daniela Pereira/
Juliana Rodrigues


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação