Condenado por estupro deixa a cadeia e mata a filha de 13 anos - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Condenado por estupro deixa a cadeia e mata a filha de 13 anos

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 4 de outubro de 2018 - 0 Comentários

 homem mata filha depois de briga com a mãe deu várias facadas na menina.






A Polícia Civil procura por um homem de 28 anos suspeito de matar a filha de 13 a facadas na madrugada desta quarta-feira (3), em São Roque, no interior paulista.
Horácio Nazareno Lucas estava preso desde julho, quando passou a cumprir pena por estuprar a cunhada em 2010. As informações são do G1.
Policiais à caminho da ocorrência foram surpreendidos por um menino de 6 anos pedindo socorro e dizendo que o pai havia matado a irmã.
Os policiais foram até o local indicado pelo garoto e, chegando lá, encontraram Letícia Tanzi Lucas inconsciente e ferida. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.
Inicialmente, havia sido informado que o suspeito estava preso por estuprar a filha. A família chegou a denunciá-lo pelo crime, mas a prisão foi por causa do crime cometido contra a cunhada.
Horácio foi preso em junho deste ano, após ser condenado a oito anos de prisão por estuprar a cunhada, que tem problemas mentais.
A defesa entrou com um pedido para que Horácio continuasse respondendo o processo em liberdade.
Dias depois da prisão, no entanto, a família descobriu que a filha era abusada pelo pai e registrou um boletim de ocorrência contra ele.
Na última terça-feira (2), o juiz acatou o pedido feito pela defesa e concedeu a ele o direito de apelar em liberdade.
Segundo o registro policial, em casa Horácio começou a discutir com a mulher sobre o motivo dela e da filha terem aberto uma denúncia contra ele. O homem ficou nervoso, agrediu a mulher e tentou esganá-la. Ela conseguiu fugir para a casa de uma vizinha, para pedir socorro.
Neste momento, o homem trancou o filho mais novo no quarto e deu várias facadas na menina. Em seguida,  fugiu por um matagal.
Quando o garoto ouviu os barulhos, conseguiu sair do quarto e foi para a rua, onde encontrou a viatura policial.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS