PF deflagra operação para desarticular golpes via WhatsApp - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


PF deflagra operação para desarticular golpes via WhatsApp

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 17 de julho de 2018 - 0 Comentários

Em  operação agentes da PF cumprem mandados de busca e apreensão e de prisão o em São Paulo


A Polícia Federal lançou nesta terça-feira a Operação Swindle (fraude, em inglês) com o objetivo de desarticular um grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via aplicativo de trocas de mensagens WhatsApp.
Agentes da PF cumprem cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva nos Estados do Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal de Brasília, informou a PF em nota.
Segundo a PF, os criminosos se apossavam das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato".
Os investigados responderão pelos crimes de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, acrescentou a Polícia Federal. 
REUTERS/


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação