PRF e PF desarticulam quadrilha especializada em roubo de pneus - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


PRF e PF desarticulam quadrilha especializada em roubo de pneus

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 27 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Os bandidos atuavam em rodovias federais na Bahia, Sergipe e Minas Gerais



A Operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal, denominada "Estrada Livre", foi deflagrada segunda-feira (26) em MG e SE e finalizada na manhã desta terça-feira (27) na Bahia, com o objetivo de cumprir sete mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão. Ao todo foram mobilizados 95 policiais; sendo 72 policiais rodoviários federais e 23 policiais federais. A operação teve como saldo a prisão em flagrante de sete pessoas, além da apreensão de 68 pneus, dois caminhões, duas carretas e uma arma de fogo.

A operação foi o resultado de um trabalho de levantamento e mapeamento das ações criminosas da quadrilha. A maior parte dos crimes ocorria nas rodovias BR 101, 242 e 324. As vítimas, motoristas de carretas e caminhões com pneus novos ou seminovos, eram abordadas enquanto dormiam nas cabines de seus veículos estacionados em postos de abastecimento. Elas eram levadas, juntamente com seus veículos, para estradas vicinais, onde eram retirados os pneus e rodas, além de outros equipamentos e pertences pessoais das vítimas. As vítimas eram deixadas amarradas pelos bandidos após o roubo. A quadrilha utilizava de quatro a seis integrantes em cada investida.
Estima-se que entre 2015 e 2017 a quadrilha presa hoje foi responsável por 180 assaltos em rodovias da Bahia. Os envolvidos devem responder pelos crimes de associação criminosa, roubo qualificado e receptação. Se somadas, as penas poderão chegar até 22 anos de reclusão.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif