A médica Kátia Vargas oftalmologista foi absolvida por juri popular - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


A médica Kátia Vargas oftalmologista foi absolvida por juri popular

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


A médica oftalmologista Kátia Vargas foi absolvida  nesta quarta-feira (6), no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, da acusação de ter provocado a morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, de 21 e 23 anos, após acidente de trânsito ocorrido no dia 11 de outubro de 2013, no bairro de Ondina, em Salvador
quando  os irmãos que estavam em uma moto sofreram uma batida pelo carro dirigido por Kátia Vargas, em frente ao Ondina Apart Hotel. Segundo a conclusão do inquérito policial e acusação do Ministério Público (MP), a colisão foi provocada de maneira intencional pela médica. Ela havia discutido com Emanuel perto de um sinal pouco antes.
 A médica tinha sido acusada pelo Ministério Público de duplo homicídio qualificado dos irmãos Emanuel e Emanuelle, com três qualificadores: motivo fútil, falta de possibilidade de defesa das vítimas e perigo comum. Quatro anos depois do acidente que matou os jovens , a médica kátia Vargas foi absolvida pelo júri popular
A mãe dos jovens, Marinúbia Gomes subiu na cadeira e em meio ao tribunal e gritou: vergonha, vergonha. Além da mãe dos jovens, a tia revoltou-se e gritou para a imprensa que ia matar a médica: Eu vou matar Kátia Vargas, essa infeliz.

Assista a indignação da mãe dos jovens:


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação