Após denúncia por Whatsapp, CIPE desmonta quadrilha em Jequié - Itiruçu Notícias | Você conectado à informação!
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook



Eventos



Versículos Bíblicos


Colunas

O Seu Direito


Editorial

Beija-flor

Um rio ferido na sua nascente E a culpa é dessa gente que não sabe respeitar. Água suja que me sufoca, Lixo e descaso na minha encosta...


Notícias mais populares

Após denúncia por Whatsapp, CIPE desmonta quadrilha em Jequié

Edição: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 24 de julho de 2017 - 0 Comentários


Uma ação da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) – Central com o apoio do 19° Batalhão resultou na morte de quatro bandidos na tarde deste domingo (23), por volta das 16h30, na cidade de Jequié. 
De acordo com uma denuncia anônima feita pelo Whatsapp da CIPE/Central, uma quadrilha com 10 homens estava reunida em um matagal, no bairro Joaquim Romão, embalando drogas e planejando um assalto na região. 
O Setor de Inteligência da PM recebeu as informações e de imediato, o comando das unidades locais determinaram a investida. Ao chegar no ponto de encontro dos marginais, os policiais foram recebidos a tiros e reagiram. Seis homens conseguiram escapar.

Já o suspeitos identificados como Luiz Ricardo Leitão, 36 anos, conhecido Gugu; Luciano Santos Souza, 34 anos, o Zé do Boi; Wiliam Santos Veloso, vulgo Índio; e Ademir dos Santos Oliveira Júnior, 30 anos, o Juninho foram baleados e socorridos para o Hospital Geral Prado Valadares (HGPV). 
Eles não resistiram aos ferimentos. Dos quatro, há confirmação que três já tinham passagem na Polícia. Foram apreendidos uma espingarda, três revólveres, 88 pedras de crack, 22 papelotes de cocaína, 14 trouxas de maconha, R$ 892 e celulares. A ocorrência foi realizada na 9ª Coordenadoria de Polícia do Interior.
(Fonte: Ascom/Coorpin)


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241