Morre funcionária baleada na cabeça em ataque dentro da Caixa - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Morre funcionária baleada na cabeça em ataque dentro da Caixa

Edição: Neto Oliveira - Itiruçu Notícias - quinta-feira, 22 de dezembro de 2016 - 0 Comentários


Uma da funcionária da Caixa Econômica Federal foi baleada na cabeça  por volta das 14h desta quarta no Centro Empresarial Dois de Julho, na Avenida Paralela, onde fica o escritório da Caixa.
Segundo informações o funcionário Glei Mario de Lemos Leal em posse de arma de fogo teria  como alvo  o coordenador do departamento onde ele trabalhava. A informação foi divulgada pelo representante do Sindicato dos Bancários da Bahia, Cesar Cotrim, que disse ter conversado com funcionários que estavam no local no momento do ocorrido.
A funcionária Marinoelia Andrade dos Santos, que tinha 51 anos , natural de Jaguaquara, ainda foi socorrida sendo levada ao Hospital Geral do Estado (HGE) mas não resistiu ao ferimentos. Além dela, outra funcionária foi baleada de raspão na cabeça e permanece internada no Hospital São Rafael. O estado de saúde dela não foi informado.
A informação foi confirmada, na noite desta quarta-feira (21), pelo superintendente da empresa na capital baiana, Anselmo Cunha.
"Infelizmente, ela morreu durante a cirurgia. É um fato lamentável. Uma fatalidade que atinge todos nós profundamente", disse Cunha, ao G1.
Ainda não sabe o que motivou o ataque, que ocorreu no 15º andar do prédio, onde funciona a Gerência de Filial do Fundo de Garantia (Gifug). O autor do ataque atuava no setor como escriturário.
(Foto: Henrique Mendes/G1)


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241

dddd

ddddddddddddddddddddddddd