Entroncamento de Jaguaquara: Aluna conquista prêmio da DPU - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Entroncamento de Jaguaquara: Aluna conquista prêmio da DPU

Edição: Ed Santos - terça-feira, 22 de novembro de 2016 - 2 Comentários


A aluna Larissa Vitória Queiroz Oliveira da Escola Municipal Everaldo Souza Santos, localizado no Entroncamento de Jaguaquara, foi à campeã baiana no Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU), com o tema: “Tráfico de Pessoas - Diga Não!”, com nota de 97,6 numa escala que ia até 100. Já a nível nacional, a estudante conseguiu ficar na 3ª posição. A primeira colocação, a nível de Brasil ficou para a aluna Maria Eduarda S. Orcena de Carandaí-MG com nota máxima. Em segundo lugar, ficou a estudante de São Paulo Giovana de Oliveira Santos com só quatro centésimos afrente da jaguaquarense (entroncamentese). Larissa Vitória ficou afrente de estudantes de todo sul, centro oeste e norte nordeste brasileiro.
Em contato com o Programa Cidade Repórter da Itiruçu FM, a professora Leandra, diretora da escola disse ter ficado radiante com a vitória e fez questão de parabeniza-la pelo caráter de comprometimento e espirito de liderança da estudante, que de forma inteligente auxiliada pelo professor Denilson logrou este êxito. Leandra também homenageou outros professores que se empenharam neste processo. Larissa Vitória e o professor Adenilson serão premiados em dezembro pela DPU.
Sobre o Concurso: O tráfico de pessoas é o tema do 2º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU). A ideia é promover a reflexão e o debate sobre o assunto nos ambientes educacionais e possibilitar aos alunos que revelem suas experiências, visando a inserir a educação em direitos e cidadania nas escolas públicas do país. O edital que regula o concurso foi divulgado, nessa quinta-feira (23), no Diário Oficial da União (DOU).
Este foi o 2º Concurso de Redação da DPU Tráfico de pessoas – Diga Não!, que foi aberto aos alunos do ensino fundamental e médio, incluindo Educação de Jovens e Adultos (EJA) e esteve dividido em cinco categorias: Redação I – para alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental; Redação II – alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio; Redação III – alunos do EJA do 6º ao 9º ano do ensino fundamental; Redação IV – alunos do EJA do 1º ao 3º ano do ensino médio; Categoria Escola – para estabelecimentos de ensino da Rede Pública que desenvolverem atividades de sensibilização e mobilização sobre o tema.
Os trabalhos apresentados foram examinados pela Comissão Julgadora, composta por cinco integrantes, designados em ato específico do defensor público-geral federal. Foi esta comissão que elegeu as melhores redações de cada categoria, referente a cada estado da Federação.
O aluno e o professor vencedores de cada estado (nesse caso a aluna Larissa Vitória e o Professor Denilson do Entroncamento de Jaguaquara, na Bahia) receberão um tablet, além de certificado de premiação. Cada uma das três escolas vencedoras da Categoria Escola receberá o certificado de premiação e reconhecimento da DPU e o valor de R$ 10 mil, a ser aplicado em equipamentos em proveito dos alunos. A entrega dos prêmios ocorre no dia 1º de dezembro, em cerimônia na sede da DPU em Brasília e nas demais unidades nos estados.


Não se esqueça de ler isso também ...

2 comentários:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241