Jaguaquara: Rui visita projeto de mutirão de cirurgias - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Jaguaquara: Rui visita projeto de mutirão de cirurgias

Edição: Itiruçu Notícias - - quarta-feira, 14 de setembro de 2016 - 0 Comentários


O governador Rui Costa visita, quinta-feira (15), o município de Jaguaquara, às 8h30, a Etapa Regional do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas, na UPA do distrito de Estela Dubois, onde, a partir de hoje e até o dia 12 de outubro, ocorrem as cirurgias de hérnias inguinal, umbilical, recidiva e epigástrica, vesícula (colecistectomia), miomectomia, histerectomia, mastectomia e prostatectomia.

Em seguida, Rui entrega a pavimentação da rodovia BA-545, no trecho de 2,37 quilômetros que liga a BR-420 à rodovia baiana, na travessia urbana de Jaguaquara. Foram investidos R$ 1,28 milhão na obra, beneficiando mais de 51 mil habitantes. Após a visita, Rui segue para Jequié, onde, às 11h, cumpre agenda de trabalho.
A seleção inicial dos pacientes para a realização dos procedimentos cirúrgicos previstos no mutirão de cirurgias teve como critério os que já tinham o cadastro nominal completo no Sistema de Gestão de Cirurgias Eletivas – Lista Única. Estão contemplados nos procedimentos realizados em Jaguaquara os município de Brejões, Cravolândia, Irajuba, Itaquara, Santa Inês, Itiruçu, Lafaiete Coutinho, Lajedo do Tabocal, Maracás, Planaltino e Iramaia.
A ação inédita no País, que começou em setembro com os procedimentos pré-operatórios, prevê o atendimento gratuito de 13 mil pessoas em um ano, com o objetivo de reduzir a fila de espera para a realização dos seis procedimentos médicos previstos no projeto.
O Governo Baiano vai disponibilizar a equipe médica e toda a estrutura para os procedimentos, além do acompanhamento do paciente após a cirurgia. A Secretaria de Saúde do Estado também vai fornecer kits de medicamentos pós-operatórios para garantir a segurança cirúrgica do paciente.
As cirurgias serão realizadas nos hospitais estaduais e nas unidades complementares de cada região do estado. Isso permitirá que o paciente tenha maior comodidade e não faça grandes deslocamentos para passar pelo atendimento. As prefeituras serão responsáveis por garantir o acesso desses pacientes às cidades onde serão realizadas as cirurgias.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241