Gestores fortalecem parceria com instituições responsáveis por projetos de esporte e lazer - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha


EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO


COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Gestores fortalecem parceria com instituições responsáveis por projetos de esporte e lazer

Por: Itiruçu Notícias - - segunda-feira, 18 de abril de 2016 - 0 Comentários


Um encontro para estreitar as relações entre Governo e instituições. O “Fortalecendo Parcerias” realizado hoje (18) pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em conjunto com a Polícia Militar e as Bases Comunitárias de Segurança (BCS), na Tribuna de Honra do Estádio de Pituaçu conseguiu atingir o objetivo: aproximar ainda mais os executores dos projetos de esporte e lazer com os gestores do Estado.

Uma demanda originada da Câmara Setorial do Programa Pacto pela Vida, a reunião desta segunda foi o pontapé inicial de uma série de ações previstas para aprimorar o atendimento que projetos de esporte e lazer, apoiados financeiramente e supervisionados pelo Governo, por meio da Sudesb, fazem nos bairros onde estão instaladas as Bases Comunitárias de Segurança (BSB). A ideia do encontro foi trocar experiências entre os envolvidos a fim de que  as ações nesses locais fossem melhor alinhadas.

Implementadas pelo Governo do Estado desde 2011, as Bases Comunitárias são pontos de gerenciamento da operacionalidade policial para conferir segurança às comunidades, focando na prevenção. Elas estão instaladas em locais com alta vulnerabilidade social da capital e do interior. “Essa é uma reunião de alinhamento de ações de trabalho no sentido de melhorar o diálogo, que tem que ser permanente. É um esforço para fortalecer esses laços, de aproximar os envolvidos. O que a gente quer é aprimorar o que cada Base e cada projeto de esporte e lazer vêm fazendo”, explicou o diretor geral da Sudesb, Elias Dourado.

As ações esportivas envolvendo BSB começaram no Nordeste de Amaralina em 2007. Hoje, outros locais, como Bairro da Paz e Subúrbio Ferroviário, em Salvador, e Dias D’Ávila, na Região Metropolitana, possuem atividades em parceria. Nesses locais, crianças, jovens, adultos e idosos praticam atividades esportivas pelo menos duas vezes por semana. São aulas, entre outros, de boxe, karatê, ginástica, natação, bocha, futsal, futebol, vôlei e tênis de mesa.

Durante a manhã, os representantes das bases se reuniram com os representantes dos projetos para trocar informações que possam beneficiar ainda mais a região em que atuam. Pela tarde, foi a vez de os dirigentes da Sudesb passarem informações sobre o andamento dos projetos e como eles podem melhorar para atingir os objetivos. Experiências exitosas, participações de agentes diretos da comunidade, acompanhamento de casos envolvendo alunos e responsáveis, questões relacionadas à comunicação dos projetos e também ao trabalho realizado em grupo foram alguns dos temas abordados.

Ações transversais – durante o evento, o comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), coronel Anselmo Brandão, destacou o trabalho voluntário dos policiais e as ações transversais que, na opinião dele, auxiliam a reduzir a violência. “Temos observado, nesses cinco anos do Pacto [pela Vida], que nas bases comunitárias onde esses trabalhos estão sendo realizados de maneira efetiva, os índices de criminalidade têm caído bastante”.

Presente à abertura do encontro, o secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, destacou a importância do esporte como ferramenta de inclusão social e desenvolvimento humano. “Precisamos, cada vez mis, estimular o esporte para tirar crianças e adolescentes dos mundos das drogas e da criminalidade”.

Antes da criação do Pacto Pela Vida e da implantação das bases comunitárias de segurança, a Sudesb já oferecia a crianças e jovens em vulnerabilidade social atividades esportivas e recreativas. No entanto, o diretor Elias Dourado reconhece que as BCS têm sido importantes aliadas na promoção da inclusão social. “A Sudesb se associa à Polícia Militar nessa ação junto às comunidades que têm bases comunitárias e projetos sociais que já desenvolvemos desde 2007. Hoje, é o coroamento dessa parceria”.

Doações – como parte da programação do encontro, os projetos sociais desenvolvidos pelas BSB receberam da Sudesb doações de diversos itens para a prática de lutas, como artes marciais e pugilismo. O projeto Karatê do Saber - Guerreiros de Fazenda Coutos foi uma das iniciativas contempladas com materiais como boneco sparing, luvas, tatame, quimonos, sacos de pancada, protetores faciais, bandagem de boxe, colchonetes, cordas, protetores bucais, halteres e sapatilhas. Um dos instrutores, o soldado PM Alisson Guimarães, explicou que as aulas de karatê são oferecidas gratuitamente a 90 crianças e adolescentes, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro, três vezes na semana, nos turnos matutino e vespertino. “Os equipamentos vão potencializar ainda mais as nossas atividades. Por ser um esporte de contato físico, vai evitar lesões”.

Beneficiados pelo projeto, Ilan Eric, 14 anos, faixa laranja em Karatê e morador de Fazenda Coutos, acredita que a chegada do material vai auxiliar os atletas a se prepararem ainda melhor para as próximas competições. “Ano passado, participei de um campeonato em Fortaleza e trouxe minhas medalhas. Estes equipamentos chegam em um ótimo momento. Daqui a três meses, teremos três campeonatos para ir - o brasileiro, baiano e a competição Ivo Rangel. Ainda tem o nosso exame de faixas daqui a dois meses”.

Além do Karatê, a BCS Fazenda Coutos também desenvolve projetos como o Luta Cidadã (boxe), Vida Leve (terceira idade), Primeiro Som (iniciação musical), entre outros. Para a comandante da base, tenente PM Carla Sousa, o recebimento do material esportivo representa “a materialização e a efetivação do esforço que é Pacto Pela Vida”.

Com recursos da ordem de R$ 194 mil, oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep), a aquisição do material também contempla as BCS na capital (Águas Claras, Bairro da Paz, Calabar, Camaçari, Rio Sena, Chapada do Rio Vermelho, Itinga, Nordeste de Amaralina, Uruguai, São Caetano e Santa Cruz); na Região Metropolitana de Salvador (Camaçari e Lauro de Freitas, no bairro de Itinga) e, no interior (Porto Seguro, Vitória da Conquista e Itabuna).


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif