História do São Pedro de Itiruçu - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

História do São Pedro de Itiruçu

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 1 de setembro de 2014 - 1 Comentários


A maior festa do município de Itiruçu o São Pedro de Itiruçu já tem 62 anos de tradição. Segundo o professor e historiador Marcos Cesar, o  São Pedro de Itiruçu tem origem nos anos 50 do séc XX, quando o médico Dr. Antenor Rodrigues Costa, que concluiu o curso de medicina e foi trabalhar na cidade de Maraú "Recôncavo da Bahia", mas resolveu mudar para outra cidade, mais que tivesse a terminação em u, e a escolhida foi Itiruçu.  Na época era raro ter médio em cidade pequena e  DR, Antenor sentiu falta de lazer, pois Itiruçu não tinha o que oferecer em lazer, então resolveu reunir a sociedade itiruçuensse, e na reunião ficou decidido a criação de um clube social.  O Senhor Vivaldo Bastos fez a doação do terreno, localizado na Rua Presidente Vargas, onde hoje se encontra o Posto de Saúde. Com a contribuição em dinheiro e mão de obra, ergue-se o clube, que foi batizado com o nome de "Sociedade Lítero Recreativa de Itiruçu" (SLRI) sendo inaugurado em 1956, com grande festejos e pompas, dando inicio naquele ano a festa de  São Pedro,  com orquestra e atrações da cidade de Itiruçu, e no decorrer do anos virou a festa mais esperada e desejada da cidade, esperava-se o mês de junho chegar para que o clube fizesse esta festa, mas era uma festa elitizada, só a sociedade participava e durou até 1996. Em 1982, quando Pedro Pimentel Ribeiro  foi eleito para seu segundo mandato de prefeito e como vice Pedro Leite da Silva, resolveram inovar, já que os dois eram “Pedro” em homenagem ao santo "fazedor" de chuva.

Pedro Leite como ex- caminhoneiro conheceu os festejos juninos do Nordeste, como Pernambuco e Paraíba, onde se armam as palhoças, cobertas em forma de barracão,  para comemorem os festejos juninos. Então trouxe a ideia e os dis resolveram implantar modelo em Itiruçu.  Em 1983 foi erguido um barracão ao lado da prefeitura onde hoje estão os quiosques e a Agencia dos Correios, e com a ajuda da Professora Ceres Mirian Lira Brasileiro e a Professora Carminha Teixeira foram criadas equipes para formalizar atrações para o São Pedro de rua, para o povo humilde.

A Festa teve entre outras atrações a Banda Vera Cruz e Manoelito que fazia grande sucesso no interior baiano. Os festejos continuaram com Pedro Leite da Silva como prefeito, que trouxe como atração a Banda Energia que também era de grande aceitação popular na época, além de festa no Clube (S.L.R.I) Sociedade Litero Recreativa de Itiruçu. Em novo mandato entre 1993 a 1998 Pedro Pimentel fez grandes mudança na festa, acabando o barracão e a festa desta vez foi realizada na Praça Vivaldo Bastos  com um grande Palco, onde o empenho do vice prefeito sr. Fernando Henrique Souza Andrade popular “Péduro” e o primeiro Sargento Miraldo Fernandes e equipe fizeram a despedida do circuito centro, pois, já que no ano seguinte a festa seria realizada  na nova praça da feira (praça Gilberto Scaldaferri) . Animaram a festança as Bandas Lordão, Vera Cruz e bandas regionais e locais.

Com a construção do Mercado Municipal, surgiu uma nova praça  para ser realizado o São Pedro.  Naquela época ano de 1998,  foi destaques além das atrações do ano anterior a Banda Cacau com Leite que encantou o publico tocando a musica  "Volte Logo" que se tornou naturalmente  o hino da Festa. Naquela época também subiu no palco da festa  as  Banda Episódio com todos componentes do município.

Em 1997 na administração  prefeito Wagner Novaes  festa continuou a evolução. Em oito anos que esteve a frente do governo Municipal, modernizou as barracas, banheiros químicos, colocou os camarotes, além de trazer grandes atrações da musica brasileira como: Mastruz com Leite, Magníficos, Calcinha Preta, Mulheres Perdidas, Zé Duarte, Fagner, Flavio José, Cangaia de Jegue entre outros.

Em 2005 quando era prefeito Ailton Cezarino também preservou as tradições  trazendo atrações  animando  nativos e turistas  como: Edgar Mão Branca, Bonde do Forro, Arrasta Chinela, Saia Rodada, Tayrone  Cigano, Companhia do Calypso, Cavalheiros do Forró, Filomena Bagaceira, Limão com Mel, entre outras atrações.

Em 2009 com a prefeitura no comando de Carlos Martinelli, a tradição continuou e o publico pode ver os shows de Amado Batista, Leonardo, Alcimar Monteiro, Netinho do Forró, Paulinha Abelha e Marlus , etc.

Em 2013, na administração do atual prefeito Wagner Novaes grandes artistas continuaram a pisar no palco da festa:  Elba Ramalho, Daniel Vieira foram os destaques.

Em 2014 pela primeira vez a Prefeitura não organizou a festa ficou por conta de um
grupo de amigos que assumiram a realização do evento. A festa havia sido cancelada em virtude de dificuldades financeiras da prefeitura, mas os empresários Franco Tenise e LK Áudios e eventos decidiram que a tradição iria continuar.
Neste anos a data tradicional que seria sempre entre o ultima final de semana do mês de junho ou primeiro do mês de julho a data foi alterada devido a realização da Copa do Mundo no Brasil sendo realizado no dia 19 e 20 de julho  (Em atualização).

O certo e que o crescimento da festa foi reconhecido em toda região, pois virou o momento de encontro entre familiares distantes que esperam as festas juninas, para vim festejar e reencontrar familiares.
Texto Neto Oliveira
Colaborador Professor e Historiador Marcos Cesar


Não se esqueça de ler isso também ...

1 comentários:

  1. A PRIMEIRA FESTA DE SÃO PEDRO NA ATUAL PRAÇA DA FEIRA FOI NO ANO DE 1994. A PRIMEIRA ATRAÇÃO COMEÇAVA POR VOLTA DAS 18:00 HORAS E A ÚLTIMA AO AMANHECER. DEIXOU MUITA SAUDADE.

    ResponderExcluir

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS