Arrow

VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

Cedeba se mobiliza para o movimento o Dia Mundial do Diabetes

O Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba) está mobilizado para o movimento que acontece em todo o mundo no Dia Mundial do Diabetes, para chamar a atenção sobre o crescimento do diabetes, considerado pandemia com 422 milhões de pessoas no mundo, segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) sendo 13 milhões no Brasil (ocupa o quatro lugar no ranking mundial), 203,7 mil na Bahia.

No Cedeba, o Novembro Azul começou desde o inicio do mês, com reforço das atividades educativas. Nesta quarta (das 9 às 11 horas), a Equipe do Pé Diabético fará abordagem educativa com os pacientes.

Por que azul é a cor do diabetes?

O azul representa a cor do céu que une todas as nações da Terra e é também a cor da bandeira das Nações Unidas. O símbolo do círculo azul representa a unidade necessária da comunidade Global para responder à ameaça da pandemia de Diabetes. O Azul é a cor do diabetes.

O Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro) foi criado pela Federação Internacional de Diabetes, junto à Organização Mundial de Saúde em 1991, tendo sido oficializada mundialmente pela Assembleia Geral da ONU (OMS) em 2017, com a Resolução nº 61.225. A data faz parte do calendário de Saúde do Ministério da Saúde e é chancelada pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) Associação Nacional de Diabetes (ANAD) e grupos organizados.
íder da oposição critica projeto de Rui para prorrogar  Reda

O deputado estadual Targino Machado (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, criticou o projeto de lei encaminhado pelo governo para prorrogar o período de contratações pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Hoje, o prazo máximo definido é de 48 meses, mas o governo quer a possibilidade de manter as contratações por mais 24 meses. O projeto foi publicado nesta terça-feira (12) no diário oficial do Legislativo baiano.

O excesso de contratados por Reda já vem sendo questionado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que tem alertado para o problema. “A contratação por Reda nada mais é do que uma precarização do trabalho no serviço público. Deveria ser algo excepcional, mas o governo tem transformado numa regra. E o pior: sem critérios muito claros para fazer essa contratação por Reda”, afirma Targino.

O líder da oposição ressalta que, nos quatro anos do primeiro mandato do governador Rui Costa (PT), o estado dobrou o número de contratados por Reda. O volume de servidores por este regime subiu de 15.528 em 2015 para 34.358 no ano passado, segundo informações do TCE. “Esse assunto diz respeito diretamente à qualidade dos serviços públicos do nosso estado. Quanto menos valorizado for o servidor, menor será a qualidade do serviço. O governo que não dá reajuste aos servidores é o mesmo que tem precarizado, em larga escala, o serviço público”, critica.

Outro ponto levantado por Targino é que a precarização da mão de obra “fere de morte” a Previdência do estado. “Isso porque, ao invés de colocar dinheiro para dentro dos cofres da Previdência, coloca no INSS. O governo deixa de colocar gente nova para pagar as aposentadorias. Em suma, a situação da Previdência do estado, que já é deficitária, tende a piorar”, explica, ao lembrar que os contratados por Reda contribuem com o INSS.
Itiruçu: 25% dos eleitores não foram aos cartórios fazer a biometria

Mais de 40 milhões de eleitores de 1.700 municípios brasileiros precisam fazer o recadastramento eleitoral pra poder votar na eleição de 2020. Mas parece que muitos não sabem disso. 

Hoje, dos 147 milhões de eleitores, 110 milhões já fizeram a biometria. Para as eleições municipais de 2020, o TSE espera chegar a 123 milhões de eleitores com biometria.

 Mas em algumas cidades esse prazo já acabou e muitos eleitores não fizeram a biometria. É o caso de Itiruçu, na Bahia. O prazo terminou em outubro e 25% dos eleitores não foram aos cartórios.
Em Itiruçu dos 9.324  eleitores Convocados para fazer a biometria , 6.943 compareceram  segundo dados do TSE, estes numero não se soma a transferências e novos titulo.

Os eleitores de Itiruçu  ainda têm uma chance de garantir a participação na eleição de 2020. segundo o TSE.
“Perdendo o prazo da revisão de eleitorado, ou seja, aquele momento que deva comparecer para fazer a coleta biométrica, ainda tem até a data do fechamento do cadastro eleitoral, que no ano que vem deve ser por volta de 6 de maio, oportunidade de comparecer nos cartórios eleitorais e regularizar essa situação”, explicou Ricardo Fiorezi, juiz auxiliar da presidência do TSE em reportagem a TV Globo..

Agora, quem perder também essa possibilidade, aí não tem mais saída, não vai votar para prefeito e vereadores em 2020. E é sempre bom lembrar: sem o título de eleitor, não dá, por exemplo, para tirar passaporte nem carteira de identidade. E se for servidor público não recebe o salário




O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu extinguir, por meio de uma medida provisória, o seguro obrigatório de veículos, o DPVAT.

Em dez anos, o seguro foi responsável pela indenização de 485 mil mortes no trânsito em todo o país. O seguro também confere indenizações a feridos e a pessoas que tenham sofrido sequelas permanentes.

Bolsonaro também extinguiu o DPEM, seguro voltado a danos pessoais causados por embarcações.
O presidente justificou o fim do seguro, mediante os altos índices de fraudes e os elevados custos operacionais do seguro. O custo total do seguro ao governo federal é de R$ 8,9 bilhões. O governo estima que seriam necessários R$ 4,2 milhões para cobrir os valores pagos às vítimas. Outros R$ 4,7 bilhões seriam referentes à administração e fiscalização do recurso.

O governo diz que o valor economizado será repassado ao SUS e ao Denatran.
Segundo o governo federal, as vítimas e acidentados no trânsito brasileiro (só de mortes são mais de 36 mil por ano) continuarão assistidos pelo SUS, pelo INSS e pelo BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Os acidentes permanecerão cobertos até o fim deste ano. A gestora do seguro, a Seguradora Líder, continuará responsável pelos segurados até o fim de 2025, mas atendendo apenas os sinistros ocorridos até 2019.
Camila Pitanga está namorando uma mulher, diz jornal

Camila Pitanga está vivendo um novo amor, e, dessa vez, com uma mulher. A relação da atriz não é uma novidade para os amigos mais próximos. Porém, ela tem preferido, por enquanto, pelo menos, não expor publicamente o romance. As informações foram divulgadas pelo jornal Extra.

Uma amiga de Camila, que não quis ter a identidade revelada, falou ao jornal sobre o momento vivido na vida da atriz. “Camila sempre foi muito reservada e agora não é diferente. Ela está muito feliz”, afirmou.

A última relação de Camila Pitanga foi com o músico Rafael Rocha. O namoro chegou ao fim em janeiro deste ano, e durou cerca de cinco meses
Mulher esfaqueia namorado, se arrepende e pede: "não morra"

Uma mulher é acusada de tentar matar o namorado com golpes de faca, em um motel na cidade de Iguala, no México. Após os golpes, Sonia Amairani Núñez Águila, de 22 anos, teria se arrependido do ataque e abraçou o namorado ferido. “Me perdoa, meu amor. Por favor, não morra”, dizia a mulher.

O momento do arrependimento foi registrado por Adry Torres e foi divulgado nas redes sociais.
As imagens mostram o namorado, Erick Omar, aterrorizado: “Ela quer me matar”. E Sonia responde: “Não vou te matar porque te amo. Nunca faria isso.”

Uma viatura da polícia foi ao local, mas não conseguiu levar o ferido a um hospital por falta de combustível. Uma hora depois, uma ambulância chegou e Erick foi socorrido. Ele foi submetido a uma cirurgia de emergência, e não corre risco de vida.

O motivo da discussão não foi esclarecido oficialmente, mas a briga teria começado por causa de ciúmes. Sonia foi presa por tentativa de homicídio, e solta após pagar fiança. Ela terá que manter distância de Erick até o início de seu julgamento.
(Foto: Reprodução/YouTube)
Diagnóstico de câncer de próstata pode impactar saúde mental dos pacientes

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontou para 68.220 novos casos em 2018. Conscientizar sobre a doença, a prevenção e o tratamento é o objetivo da campanha Novembro Azul.

Para os pacientes que enfrentam um diagnóstico positivo, é importante destacar que, mesmo sendo um tipo de câncer com altas chances de cura, transtornos psicológicos, como ansiedade e depressão, podem ser desencadeados.

Enfrentar um diagnóstico de câncer é algo que gera muitos sentimentos, como tristeza, ansiedade e medo, sensações naturais, mas que podem se agravar até virar um transtorno. No caso do câncer de próstata existem particularidades que precisam ser consideradas.

"A associação dessa patologia com a sexualidade pode gerar sintomas depressivos e ansiosos. A disfunção erétil é uma causa de preocupação para muitos pacientes, assim como o medo do tratamento ou da doença afetar a capacidade de sentir prazer”, avalia o psiquiatra da clínica Holiste, André Gordilho.

O especialista ainda destaca que o grau de ansiedade nesses pacientes pode aumentar conforme a evolução da doença ou a agressividade do tratamento oncológico. A depressão também é comum em pacientes com câncer, apesar de frequentemente não ser diagnosticada, o que afeta o tratamento, conforme destaca o psiquiatra.

“Caso seja identificada uma alteração do ponto de vista psíquico no paciente que necessite de intervenção profissional, as diferentes especialidades envolvidas no tratamento oncológico devem trabalhar em conjunto. O diagnóstico da depressão requer cuidado e atenção. Psiquiatras que conhecem as peculiaridades do adoecimento e do tratamento oncológico são os profissionais mais indicados para detectar e ajudar a tratar o problema”, ressalta.

PARCEIROS



Publicidade