Últimas Notícias

Filho de Jô Soares falece no Rio

Escrito por Itiruçu Noticias em sexta-feira, 31 de outubro de 2014 | 22:22


O único filho de Jô Soares, Rafael Soares, de 50 anos, morreu nesta sexta, 31. Apesar de as assessorias imprensa do apresentador e da Globo não confirmarem a causa, o herdeiro do apresentador havia dado entrada no Hospital Samaritano, na zona sul do Rio, no dia anterior. Além de autista, Rafael também lutava contra um câncer no cérebro. Informações sobre velório e enterro ainda não foram divulgadas.
Rafael era fruto do relacionamento do apresentador com a atriz Teresa Austregésilo, de quem Jô já estava separado. O filho do humorista morava no Rio com a mãe, mas costumava visitar o pai em São Paulo. Em entrevistas anteriores, Jô Soares havia dito que, por causa da condição do filho, a comunicação entre eles nem sempre era fácil.
Em setembro, Jô retomou as gravações do programa que leva seu nome, na Globo. O apresentador ficou quase dois meses internado para tratar de uma pneumonia. Ao voltar ao trabalho, ele fez graça sobre os rumores de que havia morrido. Saiu um obituário meu que até fiquei comovido. Vou guardar para daqui a 20 anos", disse à plateia.
Fonte AE / Imagem reprodução/RedeTV

Mulher desferiu duas facadas em outra por causa de divida


Uma cobrança de dívida contraída após uma compra de cesta de básica terminou em facada na tarde desta sexta-feira (31), no bairro Campo do Gado Novo, em Feira de Santana.
A devedora, A.M.S, 17, foi atingida por dois golpes de faca, desferidos por uma mulher – identidade ignorada. A menor estava acompanhada por uma criança. Os ferimentos foram na face e no ombro e foi preciso apoio de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para prestar os primeiros socorro a vítima.
A mulher de desferiu as facadas está foragida. O valor da dívida não foi revelado. A Guarda Civil Municipal de Feira de Santana, prestou escolta a ambulância do SAMU durante o socorro.
Fonte Policia e Viola/Foto Marcio Filho

Preso mais dois envolvidos em latrocínio de PM


Os assaltantes Anderson Miranda Lima, de 27 anos, e Israel Fagundes de Santana, o “Bride”, 20, que participaram do latrocínio do policial militar Apolinário Manuel Bonfim Neto, morto no bairro do Saboeiro, em 23 de setembro, foram presos, na tarde desta quarta-feira (29), na localidade da Baixa do Silva, em Cosme de Farias, durante operação das polícias Civil e Militar. A dupla tinha mandado de prisão em aberto expedido pelo Plantão Judiciário.
Apresentados à imprensa durante coletiva ocorrida, na manhã desta quinta-feira (30), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Anderson e Israel, que já têm passagens por roubo e tráfico de drogas, serão encaminhados ao sistema prisional. A dupla cometeu o crime junto com os assaltantes Diego Silva Santos, o “Cabeça”, 27, preso em 27 de setembro, em Valença, por policiais da 33ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), e Janderson dos Santos Silva, o “Catinga”, que está sendo procurado.
De acordo com o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), Apolinário foi morto depois de ser reconhecido como policial pelos assaltantes. O latrocínio aconteceu numa empresa de instalação de som de carro, onde o PM fazia reparos no som do seu veículo. Os criminosos renderam funcionários e clientes anunciando o assalto. O soldado chegou a ser socorrido para o Hospital Roberto Santos, mas morreu no trajeto.
A apresentação contou com a participação do tenente PM Sérgio Dantas, da Rondesp/Atlântico, e do capitão Michel Borges, da Corregedoria da Polícia Militar. A prisão dos assaltantes é resultado de mais uma ação do Grupo Especial criado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para apurar homicídios praticados contra policias. 
 Fonte Policia Civil

Carreta capota e pega fogo no bairro da Cidade Nova em Feira


Uma carreta carregada com 35 mil litros de óleo diesel tombou e explodiu na manhã desta quarta-feira (29), no viaduto do bairro Cidade Nova, próximo ao Centro Social Urbano (CSU), em Feira de Santana.
Segundo informações de um motorista que estava trafegando pela rodovia, o carreteiro pulou do veículo quando percebeu que a carreta estava pegando fogo e o veículo bateu tombou depois de bater na mureta do viaduto. A testemunha disse também que o veículo derramava bastante óleo antes de bater e explodir.

PSB e PT da Bahia deve confirmar aliança no estado


Pelo andar da carruagem, não vai durar mais muito tempo o afastamento entre PSB e PT na Bahia. Presidente estadual do partido, a senadora Lídice da Mata afirma que ainda não há posicionamento oficial do diretório da legenda sobre possível reaproximação com o PT e, consequentemente, com o governador eleito, Rui Costa (PT).
"Eu defendo que o partido se mantenha independente, mas o partido ainda vai debater essa questão. Cada dia uma agonia", disse a senadora em entrevista ao site Bahia Notícias.
Contudo, Lídice dá pistas de que dificilmente o PSB baiano seguirá posicionamento do partido no Congresso, que agora faz oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff.
"O partido nacionalmente é diferente, porque apoiou Aécio (Neves-PSDB) no segundo turno. Na Bahia, nós apoiamos Dilma. Eu tenho uma posição pessoal, mas a gente ainda não debateu. Em breve tomaremos uma decisão".

Após áudio vazado da Sabesp, oposição estuda pedir impeachment de Alckmin

O Blog do Rovai divulgou, com exclusividade, áudios de uma reunião em que a presidenta da Sabesp, Dilma Pena, admite o “erro” de não comunicar à população sobre a crise hídrica vivida no estado. Na reunião, a dirigente afirma que recebeu ordens de “superiores” para que não se falasse sobre o assunto.
Na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a oposição entende que há motivos para que Geraldo Alckmin (PSDB) deixe o governo do estado. “Vamos estudar a possibilidade do pedido de impeachment do governador, isso é muito grave. Ele não está apto para ocupar o cargo”, afirmou o deputado Carlos Giannazi (PSOL).
Alencar Santana (PT), que preside a Comissão de Infraestrutura da Alesp, também cogita a possibilidade de impeachment. “Se essa ordem ‘superior’ for do Alckmin, eu entendo que é possível juridicamente isso. Precisamos que a população de São Paulo assim queira, também”, disse o parlamentar, que explicou quem pode ser o ‘superior’ de Dilma Pena.
“Só pode ser da cúpula do governo, porque é a presidenta da Sabesp quem diz, e acima dela só o governo de São Paulo e sua cúpula.” Para Alencar, o áudio revelado por Fórum mostra que a decisão de omitir a crise foi para não prejudicar a candidatura de Alckmin à reeleição. “Se ela afirma que precisava ser comunicado, houve um entendimento técnico da medida. Se não foi feito, é porque a orientação que ela recebeu foi política. Temos aí dois crimes, estelionato eleitoral do governador e prevaricação de Dilma Pena.”
Para o deputado Luiz Cláudio Marcolino (PT), a possibilidade de impeachment tem que ser estudada. “A Dilma terá que vir na Alesp e se explicar. Se a ordem ‘superior’ foi do Palácio dos Bandeirantes, nós temos que tomar providências.”
O “deboche” da presidenta da Sabesp, em recente depoimento à CPI da Água na Câmara Municipal de São Paulo, foi lembrado por Marcolino. “Ela já demonstrava, ali, que não estava tratando o assunto com a dimensão que merece. Isso é um desrespeito com a população.”
Giannazi afirmou que vai procurar o Ministério Público. “O peso da lei deve recair sobre o governador e a Dilma [presidenta da Sabesp]. A água é um bem público, não se pode brincar com ele por conta de benefícios eleitorais”, afirmou o parlamentar do PSOL, que lamentou que a presidenta da Sabesp chame os paulistas de “clientes”. “Isso mostra como está a mentalidade deles.”



Resultado das Lotérias


Curta nossa Fanpage no Facebook

 
Suporte : Criação de Site | InforDRAW | Design Visuais
Copyright © 2009/2014. Itiruçu Notícias - Todos os Direitos Reservados
Informações contato@itirucunoticias.com
Editor: Neto Oliveira