Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS



Longevidade, dedicação e disciplina isto pode define o  Highlander do Futebol amador do Vale do Jiquiriça, o atleta  Hugo Fagundes.
Ao 62 anos ainda é muito requisitado para disputar competições de futebol em Itiruçu e região deixando muitos jovens pra trás. 
Na Copa do Café Hugo, jogou para a equipe do Itiruçuense e foi um dos destaques da equipe que ficou com o vice campeonato da competição que foi vencida pelo MFC (Morro).

 Hugo já jogou por diversas seleções no Intermunicipal entre elas a Seleção de Itiruçu, Jaguaquara, Maracas entre outras. Alem de vários campeonato regionais e municipal por toda região.
Em época que os jovens perderam a referencia para a pratica esportiva o atleta e professor Hugo Fagundes é um referencia para os jovens  praticar o esporte em auto nível.

Os finalistas da Copa do Café, MFC (Morro) e Itiruçuense fizeram jus de estarem na final  da competição, e fizeram um grande jogo de futebol.
No Inicio do jogo o trio Nunes, Rodrigo e Erinaldo,  comandaram o ataque do morro sufocando a equipe do Itiruçuense  mas não conseguiram marcar  já que a experiência de Hugo e Zé Boneca intimidaram o ataque do MFC. 

A equipe do MFC mudou a estratégia, recuou a equipe e em um conta-ataque mortal Rodrigo conseguiu chegar em uma bola praticamente perdida na linha de fundo, deu drible no zagueiro ao dá o passe para a área   o defensor do Itiruçuense tirou a bola com o braço e o arbitro José Santos marcou pênalti.

Rodrigo do MFC bateu  e Adnoan  goleiro do Itiruçuense defendeu o atacante tentou  novamente mas o goleiro fez outra grande defesa, e no meio de uma confusão na área Adelson  conseguiu empurra a bola para os fundos da rede.

Depois do Gol o Itiruçuense foi pra cima mas o goleiro Gefereson do MFC (Morro) fez grandes defesas evitando o empate. 
A curiosidade da partida  é que as duas equipes fizeram a abertura da competição e também fizeram a ultima. Na abertura da Copa o Itiruçuense venceu por 4 a 0, agora na final o MFC (Morro) venceu por 1 a 0 sendo campeão da Copa do Café de futebol amador edição 2018/2019.

O arbitro da partida Foi José Santos, tendo como assistentes Bruno Santos e Josemar Farias. A novidade do jogo foi a presença dos arbitro de linha de forma inédita na região, Os árbitros foram Noel Santos e Roberto Bispo Souza. O coordenador de arbitragem Edvaldo Bispo dos Santos.
Na final esteve presente a Prefeita Lorena Di Gregório, o vereador Duda de Zeli e o secretario de Serviços Gerais  Junior Lealdade e o Diretor de Esporte Profº José Wilson (Bita).

Veja mais fotos

























Atualmente somente um grupo de veículos deve adotar a nova placa. São eles: Carros novos, Veículos que passaram por transferência de proprietário, Veículos que passaram por mudança de município, Veículos que trocaram de categoria (um táxi que vira um carro de passeio, por exemplo), Veículos cuja placa atual não foi aprovada em vistoria e/ou está ilegível ou danificada
 
Quem quiser trocar a placa voluntariamente também pode fazê-lo, caso o Estado onde o veículo estiver registrado já tiver adotado o novo sistema.

Segundo informações apuradas pelo Itiruçu Notícias quem não se enquadrar nos quesitos acima não precisará trocar as placas. O Denatran espera que, gradualmente, toda a frota circulante do país receba a nova placa nos próximos anos.

O prazo final para troca da placs seria  dezembro de 2018, mas uma série de liminares e discussões entre os diferentes departamento de trânsito fez com que a implantação completa da placa tenha sido adiada, no fim do ano passado, para 30 de junho de 2019.

O deputado Zé Cocá (PP) protocolou na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) projeto de lei que determina a obrigatoriedade da aquisição de leites e derivados junto aos produtores rurais da Bahia, nas licitações publicadas pela administração pública estadual, em que haja a necessidade do fornecimento de laticínios. 

O parlamentar acredita que a aprovação do PL irá favorecer o fortalecimento da cadeia produtiva do leite no estado, provocando o desenvolvimento e o fortalecimento da economia baiana.“Os modelos arcaicos e tradicionais de exploração de leite ainda persistem e convivem com sistemas de produção modernos e propriedades tecnificadas, gerando um grande contraste na exploração da atividade leiteira. 

Mesmo com indicadores de eficiência abaixo do mínimo necessário para viabilizar a atividade, considerando a média da região, a pecuária de leite exerce uma relação mais do que intrínseca na vida dos nordestinos, demonstrando grande importância socioeconômica”, destacou o parlamentar.

Ao justificar a proposição, Zé Cocá lembrou que no período de 2000 a 2010, a produção de leite no Nordeste apresentou um expressivo crescimento (95,5%), inclusive acima da média nacional (55,4%). Segundo ele, dentre os estados nordestinos, a Bahia é o maior produtor de leite, com resultado anual de 700 milhões de litros, sendo responsável por 40% da produção de leite do Nordeste.

No entanto, o deputado observou que esta participação vem diminuindo nas duas últimas décadas e, fazendo uma análise entre 1990 e 2010, os estados de Pernambuco, Sergipe e Maranhão apresentaram um aumento na participação do total de leite produzido no Nordeste, enquanto os demais apresentaram um decréscimo.

“Mesmo tendo o terceiro maior rebanho leiteiro do país, a Bahia ocupa somente o 23º lugar quan-do se trata de produtividade por vaca ordenhada. O volume de leite produzido aqui no estado não consegue sequer atender o consumo interno”. Segundo ele, seria necessário um aumento de produção de 1,6 bilhão de litros para suprir a demanda estadual.

Ainda no documento, o progressista frisou que a produção leiteira na Bahia é 80% composta por pequenos pecuaristas que produzem uma média de 21 litros de leite por dia, por propriedade. Um índice que, de acordo com Zé Cocá, representa uma produção média cerca de 50 vezes menos do que as fazendas da Argentina e 40 vezes menos que as do Uruguai.

“A Bahia tem potencial para produzir muito mais que a maioria dos estados brasileiros. No entanto, a falta de organização e diálogo entre os elos da cadeia produtiva do leite, resulta numa produção dispersa e sem força para pleitear ações que ofereçam aos produtores capacidade técnica e gerencial, extensão rural de qualidade, defesa sanitária e combate ao leite clandestino, que hoje representa entre 40% e 50% da produção total do estado”, pontuou.

Tá chegando a final  da Copa do Café e o Itiruçu Notícias  como forma de incentivar os jovens atletas premiará  o Jogador Revelação da Competição . Diante de critérios feitos  e escolhido entre radialista e imprensa  5 nomes fora indicados: Fabricio (Juventus), John (TPO), Leandro (Portuguesa), Nego Du (Itiruçuense) e Rodrigo (MFC – Morro).
Agora os leitores e seguidores do Itiruçu Noticias poderá escolher qual será a revelação da competição.  A votação vai até as 13 horas deste domingo (17). 

Votação Encerrada


O presidente Jair Bolsonaro determinou no fim desta sexta-feira, 15, a exoneração do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno. 
A decisão aconteceu depois de uma reunião entre o Bebianno, o presidente Jair Bolsonaro e integrantes do governo, como o vice-presidente Hamilton Mourão.

A saída oficial do ministro deve ser oficializada na próxima segunda-feira, 18, no Diário Oficial. A Folha de S. Paulo afirma que Bolsonaro já deixou o ato de exoneração assinado.

Entenda o caso

A crise entre os membros do PSL aconteceu depois da divulgação de uma reportagem da Folha de S. Paulo que aponta que o grupo do presidente do PSL, Luciano Bivar, criou uma candidatura ‘laranja’ que recebeu R$ 400 mil de dinheiro público para as eleições. O dinheiro para a candidata, uma senhora de 68 anos que só teve 274 votos, teria sido liberado por Bebianno.

O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição. Na época, o hoje ministro da Secretaria-Geral da Presidência era presidente interino da legenda e coordenador da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), com foco em discurso de ética e combate à corrupção.

Ele teria liberado ainda R$ 250 mil de verba pública para a campanha de uma ex-assessora, que repassou parte do dinheiro para uma gráfica registrada em endereço de fachada —sem maquinário para impressões em massa.

A candidatura laranja virou alvo da Polícia Federal, da Procuradoria e da Polícia Civil do estado.
O então ministro negou que estaria protagonizando uma crise no governo Bolsonaro e afirmou que chegou a trocar mensagens com o presidente sobre o caso.

Na quarta-feira, 14, o filho de Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro, afirmou que o Bebianno estava mentindo. ““Ontem estive 24h do dia ao lado do meu pai e afirmo: ‘É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano [sic] que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista’”, disse. 

Bolsonaro também negou ter conversado com Bebianno e chegou a declarar, em entrevista à TV Record, que, caso fosse culpado, o ministro seria punido.


Referência em ensino superior de qualidade no Sudoeste da Bahia, a FTC de Vitória da Conquista segue investindo em melhorias e ampliação da sua estrutura física. Os mais de 4 mil alunos da Instituição estão sendo recepcionados, neste início de semestre letivo, em um campus com uma infraestrutura expandida e pronta para atender às necessidades de seus mais de 20 cursos de graduação e pós-graduação.

Dentre os investimentos realizados está a construção da Clínica Odontológica, que disponibilizará atendimento gratuito à comunidade. Foram construídas também salas de Expurgo (descarte de materiais) e Esterilização. Ainda no âmbito da expansão física, foram contempladas as salas para o Departamento Comercial (atendimento ao público), Assessoria Pedagógica (atendimento aos docentes), Núcleo de Desenvolvimento Estruturante (estratégias para expansão dos cursos), Comissão Própria de Avaliação (monitoramento das melhorias da unidade), Polo de Ensino à Distância e um novo módulo exclusivo para o curso de Administração.

No intuito de seguir alcançando excelentes resultados, a FTC Conquista implementou também espaços com tecnologias necessárias às praticas acadêmicas baseadas em técnicas de Metodologias Ativas, em que os estudantes “aprendem a fazer, fazendo”.
Para o Diretor Geral da FTC Conquista, professor Aureliano Tavares, as inúmeras melhorias são necessidades de quem ocupa, pelo 6º ano consecutivo, a posição de Melhor Instituição de Ensino Superior Privada do Sudoeste da Bahia (de acordo com o MEC - Ministério da Educação). “Estamos consolidando nossa posição de destaque e trabalhando para um crescimento cada vez mais contínuo e condizente com o status de Centro Universitário”; afirma Tavares.
Informações Léo Pereira

Colaboradores