Salve, salve Itiruçu! 82 anos de Itiruçu de emancipação - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Salve, salve Itiruçu! 82 anos de Itiruçu de emancipação

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 1 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Um embrião surgiu aos pés do morro imponente e grande por natureza, e banhado pelas aguas da lagoa Tiririca, foi assim que surgiu Itiruçu. 
A equipe do Itiruçu Notícias deseja a todos os Itiruçuenses dias melhores, se não fartos mais o suficiente para ter uma vida íntegra, de valores morais que enriquecem a vida e transformam os dias melhores, com muita Paz, saúde, prosperidade  cheia sabedoria e entendimento. Que o Deus único, possa abençoar este município.

Do Alto do Morro Grande, imponente nasces tu
Terra majestosa, és bela, Itiruçu!
Alto do Bonfim, Lagoa de Tiririca
Em teu solo de povo amado
Tua história se faz rica.

Glorioso é teu povo, sorridentes são teus dias
Tuas terras têm encantos em cada canto sabedoria
Em teu berço de aconchego,
Outros povos aqui foram acolhidos
E nessa mistura de raças, o progresso construído.

Terras férteis, povo forte
Tua cultura faz resplendecer
És tu, Itiruçu, minha pátria, meu amor!   
Tua bravura me enaltece, tua gloria me faz crescer.

Nesse planalto de riquezas
Teu Beija-flor mina esperança
Corre rio, abraça serras e do teu solo a perseverança.
Salve, salve Itiruçu!
Pátria mãe, terra amiga, minha aliança.

Tuas ruas margeiam poesia
Tuas avenidas inspiram tranquilidade.
Itiruçu tu és meu canto, tu és meu chão
Onde eu for, irás comigo
Meu orgulho, minha cidade.
 Poema Joselito Fróes


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif