Vitória bate Mogi fora de casa e vai à semifinal do NBB - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Vitória bate Mogi fora de casa e vai à semifinal do NBB

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 6 de maio de 2017 - 0 Comentários


Mais um feito épico aconteceu na edição 2016/2017 do NBB CAIXA. Na tarde deste sábado (06/05), o Vitória se impôs em pleno Hugo Ramos lotado, venceu o Jogo 5 sobre o vice-líder Mogi das Cruzes/Helbor de maneira incrível, por 95 a 85, e conquistou a inédita e histórica classificação às semifinais do NBB CAIXA ao fechar o confronto quartas de final em 3 a 2.
 O Vitória/Universo já havia feito história apenas na sua segunda participação por ter classificado para as quartas de finais sendo o primeiro time nordestino a vencer um confronto nos playoffsdo do Novo Basquete Brasil (NBB). O rubro-negro baiano mostrou que é gigante também no basquete.

Mesmo com muita pressão da torcida local, que lotou o ginásio de Mogi das Cruzes, e o poder ofensivo de um dos melhores times do Brasil, atual campeão da Liga Sul-Americana, o Vitória nunca deixou o adversário abrir grande folga no marcador.
A melhor campanha de um time do Nordeste em oito edições do NBB desafia a história de um torneio que até aqui só teve dois campeões: o Flamengo (cinco vezes, em 2008/09, 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2015/16) e o Brasília (três vezes, de 2009/10 a 2011/12), ambos já eliminados.

Na próxima fase, o Leão terá pela frente mais uma equipe de São Paulo: Franca ou Paulistano. O outro confronto opõe Bauru e Pinheiros, também paulistas.
“Este é apenas o segundo ano do nosso time e a classificação para a semifinal representa muito para a cidade e para o Nordeste. Muito importante. Eles eram favoritos, mas viemos aqui, marcamos bem e nosso ataque fluiu”, comemorou o ala Arthur.




O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e os apoios do Ministério do Esporte e da Avianca.
Inédito:  Em sua segunda temporada no NBB CAIXA, a equipe de Salvador se garantiu entre os quatro primeiros colocados pela primeira vez. Agora, o adversário do time do técnico Régis Marrelli será o vencedor do confronto entre Franca Basquete e Paulistano/Corpore, que decidem a vaga na semi mais tarde, às 18 horas, com transmissão ao vivo do #NBBnaWeb via Facebook Live.
3º quarto decisivo: Depois de ir para o intervalo perdendo por 43 a 41, o Vitória voltou do vestiário com a pilha recarregada e com ritmo alucinante. Com incrível aproveitamento nas bolas de 3 (5/6 – 83,3%), a equipe do técnico Régis Marrelli assumiu a liderança do placar pela primeira vez e venceu a parcial por largos 30 a 14, o que os deixou com nada menos que 14 pontos de vantagem: 71 a 57.
Segurou a pressão: Mas o último quarto foi diferente, e o Mogi foi pra cima ao lado de seu fanático torcedor. Com Shamell inspirado e autor de 16 pontos no momento da reação, os donos da casa cortaram a margem para três pontos (81 a 78) e incendiaram o Hugo Ramos. No entanto, Hayes e Arthur apareceram e combinaram para nove decisivos pontos que deixaram a vantagem rubro-negra em nove pontos restando aproximadamente um minuto e meio para o fim. A partir daí, os mogianos não tiveram mais forças e nem tempo para uma nova reação.
Time de herói: Para sair de quadra com a incrível classificação, os baianos tiveram um excelente jogo coletivo. Todos os atletas que entraram em ação pontuaram, sendo que quatro deles pontuaram em dígitos duplos e outros dois fizeram oito (André Coimbra e Douglas Kurtz). Além disso, a equipe deu um total de 21 assistê


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif