Jaguaquara entre os melhores do São João da Bahia - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Jaguaquara entre os melhores do São João da Bahia

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 1 de julho de 2016 - 0 Comentários


 O foi divulgado a relação das melhores festas de João da Bahia, a cidade de Jaguaquara ficou entres as melhores grade com um São João de muito forró e por isso mereceu o título: Vejam abaixo os destaques:

Melhores festas – Uauá, no Sertão da Bahia e Mucugê, na Chapada Diamantina, foram superiores no quesito tradição e fizeram bonito neste São João. Com uma aposta no forró pé de serra e também em manifestações culturais típicas, as cidades confirmaram o título de Melhor São João da Bahia. Amargosa entra pelo conjunto da obra formado pelas festas privadas, lounge da praça e decoração da Vila Junina.

Melhores grades – Ipirá, Jaguarari, Riachão do Jacuípe e Jaguaquara fizeram um São João com muito forró e por isso merecem o título. Vale ainda destacar as cidades de Santo Antonio de Jesus, que voltou a priorizar o forró, Salvador pela programação e Cruz das Almas, que sempre vem bem, além de Ibicuí.

Melhor estrutura  – Das cidades que festejaram o São João, Santo Antonio de Jesus foi a que mais se destacou neste quesito. O município, mais uma vez, respirou São João e montou dois palcos com estrutura que facilitou a cobertura de imprensa. O camarote montado na praça também foi algo de primeiro mundo. Com uma boa malha hoteleira e o Festival do Camarão, Valença também fez bonito.

Melhores festas privadas – O Forró do Piu Piu, em Amargosa, Meu Xodó, em Cruz das Almas, Sfrega, em Senhor do Bonfim e Forró Sertão, em Irecê, arrebentaram a boca do balão.  Brega Light, em Ibicuí e o Forró do Lago, em Santo Antonio de Jesus, se destacaram pela badalação.

Melhores bandas
– Mesmo com uma formação de garotos, a banda Mastruz com Leite continua sendo a melhor entre os forrós da nova geração. Destaque nas festas onde passou, o grupo cearense continua emocionando o público. Dissidente da Calcinha Preta, a Gigantes do Brasil também fez bonito durante os festejos juninos.

Campeões em carisma – O mais estourado dos artistas do São João foi Wesley Safadão, que levou multidões ao delírio durante os festejos juninos. Destaque também para a dupla Simone e Simária.

Destino revelação
–  O município de Sapeaçu vem fazendo boas festas ao longo dos anos, mas se superou em 2016, com um São João arrumado e bem organizado. Cachoeira também merece destaque no quesito inovação, por conta da decoração e do licódromo armado na cidade.

Melhores forrozeiros – Os forrozeiros que se destacaram em 2016 são praticamente os mesmos: Flávio José, que se apresentou em cidades como Santo Antonio de Jesus, Senhor do Bonfim e Cruz das Almas, divide com Alcymar Monteiro, Targino Gondim, Adelmário Coelho e Dorgival Dantas o título de preferidos do público.

Destaque – Chambinho do Acordeon mereceu o título de destaque do São João 2016, não só pela música, mas também pela coragem de criticar as festas que fogem das tradições juninas. Outro que merece uma menção especial é Aduílio Mendes (Ex-Mastruz e Magníficos) que deu um novo rumo à carreira com apresentações solo e deixou uma excelente impressão por onde passou.

Merecem o nosso respeit
o – Em meio às dificuldades impostas pelo mercado, que prioriza atrações de fora, Eugênio Cerqueira, Del Feliz, Júlio César, Jó Miranda, Jeanne Lima, Forrozão e a banda U Tal do Xote fizeram bonito neste São João e merecem os nossos aplausos pela qualidade musical e pela perseverança que garantiu agenda lotada para eles durante os festejos.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes