Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Resultados encontrados: Mostrando postagens com marcador Variedades. Mostrar todas as postagens
Famosos fazem as suas próprias versões da música

Muitos temas fazem sucesso no mundo da música, atire a primeira pedra quem nunca se pegou cantarolando uma mesma música repetidas vezes, mesmo aquela que diz odiar. E quanto tempo perdeu tentando entender porque a música “grudou” na sua cabeça.

A vez do momento é o hit ‘Caneta Azul‘ composto pelo maranhense Manoel Gomes, que  foi postado primeiro no YouTube, no dia 3 de outubro, mas virou febre nas duas últimas semanas – praticamente todo mundo recebeu o vídeo de Manoel cantando o hit no WhatsApp. Além disso, as imagens invadiram Facebook e Instagram.

Até  muitos famosos Wesley Safadão, Tirulipa, Neymar e Rodrigo Faro, entre outros, fizeram as suas próprias versões da música. No Twitter, a música ganhou memes e reproduções dos usuários.

.O hit conta a história da perda de uma caneta azul. Veja  a letra:
Caneta azul, azul caneta
Caneta azul tá marcada com minhas letra
Caneta azul, azul caneta
Caneta azul tá marcada com minhas letra
Todo dia eu viajo pra o colégio
Com uma caneta azul e uma caneta amarela
Eu perdi minha caneta e eu peço, por favor
Quem encontrou, me entrega ela
Caneta azul, azul caneta
Caneta azul tá marcada com minhas letra
A professora, ela veio brigar comigo
Porque eu perdi a última caneta que eu tinha
Não brigue, professora, porque eu vou comprar outra canetinha
Caneta azul, azul caneta
Caneta azul tá marcada com minhas letra
Caneta azul, azul caneta
Caneta azul tá marcada com minhas letra

A verdade é que, muitos de nós com certeza são poucos os que não sofreram com o desaparecimento de uma boa e velha caneta azul.
O vídeo da canção  no YouTube e já possui mais de três milhões de visualizações.

A Bahia registrou entre 2015 e 2019 mais de 34 mil novos casos de sífilis

A Bahia registrou entre 2015 e 2019 mais de 34 mil novos casos de sífilis. Deste total, 43,18% correspondem a gestantes. Com o objetivo de reduzir esses números, as unidades da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) intensificaram as ações de combate à sífilis e sífilis congênita (transmitida da mãe para o bebê) neste sábado (26), dia D da campanha nacional.

De acordo com a subsecretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, a sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema pallidum. "As unidades estaduais estão realizando rodas de conversa, distribuição de preservativos, além de testes rápidos, aconselhamento e, caso necessário, o início imediato do tratamento", afirma a subsecretária, ao pontuar ainda que as gestantes são um público de extremo interesse devido a possibilidade de passarem para o feto.

Dezessete unidades da rede estadual materno-infantil participaram da mobilização, com ações de conscientização, prevenção e tratamento da sífilis. São elas: Maternidade Albert Sabin (MAS), Maternidade Tsylla Balbino (MTB), Iperba, Centro de Parto Humanizado João Batista Caribé, Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), Hospital Geral Menandro de Faria (HGMF), Hospital Geral de Ipiaú, Hospital Geral de Camaçar (HGC)i, Hospital Geral de Guanambi, Hospital Estadual da Criança (HEC), Maternidade de Referência Professor José Maria De Magalhães Neto, Hospital Eurídice de Santana, Hospital Geral de Itaparica, Hospital Deputado Luís Eduardo Magalhães, Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, Hospital Regional Dr. Mario Dourado Sobrinho e Hospital do Oeste (HO).

Sífilis congênita
A sífilis congênita é transmitida para a criança durante a gestação (transmissão vertical). Por isso, é importante a realização do teste para detecção durante o pré-natal. Foram registrados entre 2015 e 2019 mais de 5.500 diagnósticos positivos em menores de um ano na Bahia.
De família humilde, o menino é um dos dois baianos no Bolshoi

No início deste ano, a Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia (ACEB) organizou uma vaquinha virtual para arcar com despesas de deslocamento e moradia de Jonathan de Araújo (11), menino que deixou o bairro de São Gonçalo do Retiro, em Salvador, para estudar na Escola de Teatro Bolshoi, em Joinville, Santa Catarina. 

De família humilde, o menino é um dos dois baianos e o único representante de Salvador em sua turma no Bolshoi. O problema é que os recursos arrecadados com a mobilização virtual, quase R$ 39 mil, estão no fim e a família de Jonathan não sabe o que fazer para garantir que ele continue se preparando para realizar o sonho de representar a Bahia como um grande bailarino pelo mundo. 


O pai de Jonathan, o policial militar Josué de Araújo, que permaneceu em Salvador com a outra filha do casal, não tem condições financeiras para manter toda essa despesa da casa de Joinville mais os custos de sua moradia em Salvador,  já que por enquanto ele não pode se mudar para o sul do país por ser servidor público ativo do Estado da Bahia. “Mesmo com os nossos filhos estudando em escolas públicas e com racionamento de gastos, a despesa é alta”, disse.


Para impedir a interrupção desse sonho, a ACEB decidiu lançar uma segunda vaquinha virtual para garantir o orçamento dele em 2020. 
O valor de R$ 40 mil definido como alvo da nova vaquinha corresponde à soma das despesas anuais básicas da família de Jonathan em Joinville ao longo de 2020, quando ele vai cursar o segundo ano do curso no Bolshoi.

“Acreditamos na capacidade do menino Jonathan e na solidariedade tanto de quem o ajudou na primeira vaquinha quanto na de outras pessoas que irão colaborar com a manutenção dele daqui para frente”, disse a presidente da ACEB, Marinalva Nunes. 

O curso de Jonathan no Bolshoi tem a duração de oito anos. Interessados em participar da vaquinha que vai garantir a continuidade do curso de Jonathan no Bolshoi devem acessar o link http://vaka.me/741441.

Prestação de contas da primeira vaquinha (detalhamento):

ITEM
DESCRIÇÃO
PERÍODO
QT
VALOR
SUBTOTAL
POUSADA
Diária para 2 adultos e 2 crianças, 7 dias na semana de dezembro de 2018, para locação da família, com refeições incluídas
dez-18
1
R$ 1.500,00
R$ 1.500,00
ALUGUEL /RESIDÊNCIA
Aluguel de uma residência durante 2 meses e meio (houve quebra de contrato do aluguel e multas, devido a problemas de relacionamento com o proprietário)
jan a 15 de março/19
1
R$ 7.000,00
R$ 7.000,00
ALUGUEL /RESIDÊNCIA
Aluguel de outra residência, para acomodar a família
16 março a dez/19
9,5
R$ 1.404,89
R$ 13.346,46
SEGURO RESIDENCIAL
Seguro residencial obrigatório, dividido em 4 x, com início da primeira parcela para março/19
março a junho/19
4
R$ 56,00
R$ 224,00
CONDOMÍNIO
Taxa condominial
março a dez/19
10
R$ 200,00
R$ 2.000,00
INTERNET

março a dez/19
10
R$ 120,00
R$ 1.200,00
ENERGIA

março a dez/20
10
R$ 295,00
R$ 2.950,00
TRANSPORTE
Locomoção da família durante o mês (03 três pessoas)
março a dez/21
10
R$ 350,00
R$ 3.500,00
ALIMENTAÇÃO
Feira mensal
março a dez/22
10
R$ 750,00
R$ 7.500,00
ASSISTÊNCIA JURÍDICA E DE COMUNICAÇÃO


1
R$ 500,00
R$ 500,00
TOTAL
R$ 39.720,46





Em reunião realizada na manhã dessa quarta-feira (23), com o diretor geral do Detran, Rodrigo Pimentel, o deputado estadual Zé Cocá (PP), reivindicou a reforma das instalações físicas da 7ª Ciretran de Jequié, tendo como resposta a informação de que as obras serão realizadas. De acordo com Rodrigo Pimentel, já existe verbas destinadas à reforma das ciretrans de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Jequié, que será uma das primeiras a ser contemplada. O deputado Zé Cocá solicitou ainda a aquisição de novos equipamentos, uma nova viatura para fiscalização, e a definição de um novo local para os exames práticos de direção. Essas demandas foram levantadas pelo novo diretor regional da Ciretran, Vagner Amparo, que também participou da audiência com o diretor geral do Detran.

Na última sexta-feira o deputado Zé Cocá visitou a Ciretran de Jequié e verificou que em apenas duas semanas no comando do órgão regional Vagner Amparo já procedeu algumas mudanças e está organizando a Ciretran para assegurar atendimento digno e de excelência aos cidadãos de Jequié e região. “Estamos aperfeiçoando o atendimento para fazer com que documentos de licenciamento e de transferência sejam entregues o mais rápido possível”, disse Vagner Amparo.
Consumidores terão de pagar a mais na conta de Luz de Novembro

O novembro vermelho do Governo Bolsonaro  faz a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciar nesta sexta-feira, 25 o aumento na tarifa de Luz . Isso significa que as contas virão com uma cobrança extra de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh). Em outubro, estava em vigor a bandeira amarela, com acréscimo de R$ 1,50 nas contas.

Em nota, a agência diz que o aumento da cobrança se deve ao regime de chuvas abaixo do padrão histórico nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). “A previsão hidrológica para o mês também aponta vazões afluentes aos principais reservatórios abaixo da média, o que repercute diretamente na capacidade de produção das hidrelétricas, elevando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF)”, afirma.

No sistema de bandeiras tarifárias, a verde indica que as condições de geração de energia são positivas e que não há acréscimo na cobrança. Com a bandeira amarela, tais condições são menos favoráveis e a taxa é de R$ 1,343 – até o mês passado, era de R$ 1,50. A bandeira vermelha, o mais severo dos casos, tem dois níveis: o primeiro é de R$ 4,169, antes era de R$ 4,00, e o segundo, de R$ 6,243, contra os R$ 6,00 anteriores.
Foto Reprodução




Mais de 13 milhões e meio de famílias terão a renda complementada em outubro pelo Programa Bolsa Família. O pagamento já começou e segue até o dia 31. Ao todo, o Ministério da Cidadania vai transferir R$ 2 bilhões e meio de reais às famílias brasileiras aptas a receber o benefício. O valor médio pago é de 189 reais e 86 centavos.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Cidadania, Osmar Terra, também assinaram, no último dia 15, Medida Provisória que garante a décima terceira parcela do Bolsa Família. Ou seja, um pagamento extra no mês de dezembro. Para Terra, mais uma importante ação do governo para que famílias brasileiras possam superar a pobreza.

Em outubro, o pagamento do benefício segue um cronograma. Para saber o dia do pagamento, o beneficiário deve conferir o Número de Identificação Social, o NIS, impresso no cartão do programa. Os que terminam com final 1 podem sacar o dinheiro no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia - e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. Para saber a data exata do pagamento, basta acessar: facebook.com/bolsafamilia.

Reportagem: Karoline Avila

Vinte e cinco mulheres da capital e do interior realizarão neste sábado (19), no Hospital da Mulher, o procedimento de reconstrução das mamas. Localizado no largo de Roma, em Salvador, a unidade é considerada o maior hospital dedicado às doenças específicas do aparelho reprodutor feminino do Brasil.

De acordo com o coordenador do serviço de cirurgia plástica, Guilherme Queiroz, esta é mais uma ação dentro do Outubro Rosa, movimento internacional que estimula empresas, população e entidades a trabalhar na detecção precoce e tratamento do câncer de mama. "Para este mutirão estão escalados nove cirurgiões plásticos, sendo a primeira cirurgia às 7 horas. Atualmente a unidade realiza até 50 cirurgias de reconstrução de mama por mês em pacientes que foram submetidas a mastectomia parcial ou total", explica Queiroz.

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, o Hospital da Mulher presta assistência nas áreas de ginecologia e mastologia, atendimento específico na área de reprodução humana e é dotado de um centro avançado de oncologia, além de atender também situações relacionadas à violência sexual. “O Hospital da Mulher passou a atender, em todo o estado, uma demanda que antes não era atendida, ou seja, o problema das doenças ginecológicas cirúrgicas das mulheres. Essas pacientes iam para emergências com sangramentos, hemorragias genitais, miomas, com câncer de mama que demorava muito tempo para ser diagnosticado e tratado, além de problemas de infertilidade, queda de bexiga e incontinência urinária. Todas essas situações passaram a ser tratados, adequadamente, nesse hospital, que atualmente realiza mais de 10 mil procedimentos e quase mil cirurgias por mês”, enfatiza o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas.
Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE



 Gilnar