Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads


Resultados encontrados: Mostrando postagens com marcador Religião. Mostrar todas as postagens
CCB suspende os cultos presenciais em todo Brasil

A Igreja Congregação Cristã no Brasil emitiu circular à toda irmandade e ao Ministério do Brasil . a igreja suspendeu seu cultos presenciais em todo Brasil. 

Veja circular  na integra:

– Diante dos fatos notórios a todos, no intuito de precaver nossa irmandade da pandemia do novo CORONAVIRUS (COVID-19), foram suspensos os cultos presenciais e todos serviços divinos e reuniões em templos da Congregação Cristã no Brasil, sem data para retornar. Tal medida foi tomada, considerando-se solicitação dos nossos governantes, buscando conter situação de contagio imposto pelo referido vírus.

Os Estados da Federação que aderiram à providencia são: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. Os demais Estados não citados, nos próximos dias, deliberarão a respeito do assunto.

Assim, conforme decisão conjunta do Conselho dos Anciães Mais Antigos do Brasil, informamos à cara irmandade e ao Ministério que, sob responsabilidade desse Conselho, a partir do dia 22/03/2020 – domingo, teremos cultos online, aos domingos as 10.00 e 18.30 horas, e nos demais dias da semana as 20.00 horas. (TSS)

Os cultos online poderão ser acessados em nosso site, 15 minutos antes do início do serviço, no endereço www.congregacaocristanobrasil.org.br

Reiteramos à irmandade os cuidados preventivos para contenção dessa pandemia em nosso pais, conforme orientações de nossas autoridades sanitárias como, também, constante em nosso site.

Em qualquer tempo novas deliberações poderão ser tomadas pelo Conselho Ministerial, diante de novos fatos surgidos.

Vossos irmãos em Cristo,

Conselho dos Anciães Mais Antigos do Brasil
Itiruçu Notícias | Foto Google




A nova santa católica a  brasileira,  cujo nome verdadeiro era Maria Rita Lopes, foi proclamada santa diante de inúmeros bispos, religiosos e missionários de seu país que atualmente participam no Sínodo para a defesa da Amazônia.


Um enorme retrato da missionária, bem como dos outros quatro santos canonizados na cerimônia deste domingo, foi exposto em frente à fachada da basílica. 

A Irmã Dulce devotou sua vida a servir os mais necessitados e desenvolveu um trabalho social me Salvador , onde fundou vários hospitais de caridade e uma rede de apoio social que dirigiu até sua morte em 1992, aos 77 anos.

A nova santa alcança o mérito católicos devido  a duas curas inexplicáveis, segundo informações do  processo de beatificação iniciado em 1999.

Ao "anjo da Bahia", como era chamada pelos que a viam nas ruas de Salvador com seu hábito azul e branco, são atribuídos dois "milagres". Um foi de ter estancado a hemorragia de uma mulher após um parto e o outro de devolver a visão de um homem que ficou cego durante 14 anos.

Sua canonização, 27 anos após sua morte, foi o terceiro processo mais rápido da história, atrás apenas do Papa João Paulo II (2014) e da madre Teresa de Calcutá (2016).

A morte de Cristo também uma foi conspiração? Ele merecia por não fazer o que se queria que fizesse?


Resultado de imagem para crucificação

Hoje refletir sobre Cristo. Deus que se fez homem para pela sua justiça pagar a conta que o homem pecador não poderia pagar. Esse homem nasceu de uma mulher santa sem ser fruto dela, mas do próprio Deus. Cresceu debateu com uma sabedoria imensa com os doutores da lei. Certo dia, por ser autoridade em como falava e fazia Cristo arregimentou multidões. Multidões que ficavam maravilhados com o morto ressuscitado, com a fome saciada, com as doenças incuráveis curada...etc.

Naquele tempo havia a crença de um Messias que viria para derrotar o opressor e estabelecer um reino eterno.  Com tais sinais, pensou-se: Este é o homem. Por isso preparam-no uma entrada triunfal com ramos de olivas (tapete vermelho).

Com aquilo sem poder fazer nada a casta dominante dos doutores da lei imaginaram seus dias de domínio chegando ao fim. Então se reuniram para traçar os planos de como arrebatarlhe a popularidade. Para isso intensificou a campanha de que Cristo quebrava as leis e que se declarava Deus. Naquele tempo nenhum humano poderia dizer tal coisa. Dos que cria de fato ser ele o líder, o rei prometido esperava ele montar o exército e marchar sobre Roma. Como isso não acontecia tamanho foi o desapontamento. Cristo, porém nunca os enganava. -”Meu reino não é deste mundo”. Isso enfureceu as multidões que viram aquele poderoso desapontar suas fantasias de passarem de imperados para imperadores. Tanto que seus discípulos disputavam entre si quem seria o maior no futuro reino. E ouviram dele algo como “no meu reino o maior é quem serve".

Logo os doutores da lei foram até Pôncio Pilatos para completar a trama dizendo que Cristo foi aclamado pelo povo como rei e que isso ameaçava Roma. Judas que certamente queria ver o mestre reagir e derrotar os exércitos de Roma, bem como o domínio dos fariseus e saduceus aceitou o entregar com um beijo pelo preço de um escravo. Cristo vai preso sem resistência depois de suar sangue no Getsemani. Pedro tomou uma espada tentou degolar um soldado, porém só arrancou lhe a orelha. Jesus ao invés de iniciar a rebelião ali, cola a orelha do soldado e ainda repreende Pedro. Os discípulos como não entendiam bem o que Jesus havia lhes ensinado ficaram desapontados e temerosos tanto que Pedro nega ser dos de Cristo. Como um homem tão poderoso antes, que derrotava a morte agora parecia sem forças, era motivo de escarnio e chacota?. Enquanto isso a multidão que antes o louvava, agora desapontada aceitavam a tese dos acusadores de Cristo era um farsante transgressor que tinha que ser morto como bandido. Outros espectadores ainda esperava ele reagir, mas cada vez mais se irritavam com a passividade de Cristo.

Finalmente levou ele a Pilatos e a Herodes que o interroga sobre a ameaça que eles souberam que Cristo era. Porém não viram culpa nele para condenar lo. Pois ele dizia que nunca havia dito que seria rei dos judeus e que seu reino não era deste mundo. Sem entender Pilotos sorriu daquilo e pretendia solta-lo. Porém a multidão manipulada gritava ao comando dos mestres da lei que temiam perder a autoridade para Cristo. Matem-no, crucifica-o. Pilatos não tinha na lei romana condenação para Jesus, mas temendo uma rebelião mandou chicoteá-lo para ver se acalmava a multidão enfurecida. Mas o povo gritava pela morte de Cristo. Pilatos temeu o relato do sonho de sua esposa para que não se envolvesse na morte daquele inocente, mas como não ser ele mesmo morto pela multidão se não atendesse o clamor? Tem-se uma ideia. - Não é possível que vão preferir o assassino Barrabas! E para sua surpresa o povo grita, solta Barrabas!. Então sem pena prevista na lei Cristo foi condenado pelo clamor de uma multidão raivosa, que havia pela curiosidade e por ter dado ouvido a conspiradores que não entendia, o "Meu reino não é deste mundo" e pensava nele como uma ameaça, fazendo disseminar ódio.
Assim em oito dias para a grande parte da multidão Cristo sai do herói para o bandido a ser morto.

Naquele povo havia os que queriam Cristo morto para calar sua voz que aborrecia pela autoridade que tinha, havia os que imaginavam despertar o guerreiro implacável, havia os que viam Cristo um transgressor segundo conspirava a ideia dos doutores da lei a fim de preservar suas castas. Havia ainda um grupo de pessoas que sentia compaixão e até criam nele como o Messias das palavras do profeta Isaías, mas nada podiam fazer por que não tinham poder para enfrentar o exercito de Roma e os grupos da elite judaica. Judas ao perceber o que fez se mata por remorso. Cristo foi morto sem sua culpa, mas levou as nossas conforme o plano desde que pecado passou a todos e com ele seu salário final a morte. Preço alto para pecador que só um sem pecado pode assumir e pagar, vindicando a justiça. Segundo teólogos se a maldade do homem não tivesse chegado a tanto, não haveria por que Cristo ter sido rejeitado pelos seus a ponto de gritarem por sua morte com escárnios e insultos. Ao contrario num dia solene, todos parariam e então Jesus como o cordeiro definitivo seria imolado pelo sumo sacerdote no santuário e não numa cruz símbolo da vergonha, onde os piores criminosos eram mortos. Todos compreenderiam que o preço foi pago e que isso é a graça que nos leva em gratidão seguir a Cristo. O Deus que se fez homem para morrer nossa morte.  Ele que na cruz dizia que perdoasse a todos, pois não sabiam o que estavam fazendo. E diante do Supremo Tribunal de Deus, um dia diante do Pai dirás a respeito dos que aceitarem seu sacrifício, "nem uma culpa há, pois o preço da sua pena eu paguei". Só Cristo pode perdoar peco, pois só ele pagou o preço com justiça suficiente para todos que aceitarem.

Semana Santa; E eu fico sempre a me perguntar. Como em menos de 8 dias Cristo foi visto de um herói (na cerimônia dos ramos), a um bandido que teria que ser morto?
O que levou as multidões a assim mudar tão rápido de ideia? O que fez Cristo? Por que os mestres da lei não o confrontavam publicamente a um debate, mas desejavam matar por suas ideias? Jesus era um blasfemo e transgressor das leis? Por que ele usava a lei para afirmar suas convicções? Por que Pôncio Pilatos disse não haver crimes segundo as leis romana, lavou as mãos, mas permitiu a aplicação da pena mais dura para Cristo?A quem interessava e por que interessava a morte de Cristo? Precisava ser assim do ponto de vista do ritual dos cordeiros? Analisando aqui as razões e os por quês... Historiadores da época deixaram evidencias?... Alguém já se perguntou sobre isso?
A morte de Cristo também uma foi conspiração? Ele merecia por não fazer o que se queria que fizesse?

O sacrifício de resgate é superior ao sacrifício da Páscoa porque liberta as pessoas da escravidão ao pecado e à morte 




A Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, que ocorre no domingo de Páscoa.

O Domingo de Ramos  é  segundo as comemorações católicas quando Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo o evangelho, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho - o símbolo da humildade - e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel.

 A origem da  Páscoa segundo historiadores vem  deste quando  Deus libertou os escravos israelitas do Egito em 1513 antes de Cristo. Deus mandou os israelitas se lembrarem dessa data importante todo ano, no dia 14 do mês judaico de abibe, que mais tarde foi chamado nisã.
O nome Páscoa vem de uma palavra hebraica que significa “passar por alto”. Naquela ocasião, Deus poupou os israelitas de uma calamidade que matou todo primogênito no Egito. (Êxodo 12:27; 13:15) Antes de trazer essa praga devastadora, Deus orientou os israelitas a passar um pouco do sangue de um cordeiro ou cabrito na entrada da casa. (Êxodo 12:21, 22, nota) Deus veria esse sinal e ‘passaria por alto’, ou não mataria o primogênito daquela casa. — Êxodo 12:7, 13. Além do cordeiro (ou cabrito), os israelitas comiam pão sem fermento e ervas amargas. — Êxodo 12:8. Os pais aproveitavam a Páscoa para ensinar seus filhos sobre Jeová Deus. — Êxodo 12:25-27.
Outros costumes nos dias de Jesus, as pessoas também tomavam vinho e cantavam na celebração da Páscoa. — Mateus 26:19, 30; Lucas 22:15-18.

Depois de ter celebrado a Páscoa em 14 de nisã do ano 33, Jesus deu início a uma nova celebração: a Ceia do Senhor. (Lucas 22:19, 20; 1 Coríntios 11:20) Essa ceia ficou no lugar da Páscoa judaica, pois celebra o sacrifício do ‘Cristo, o cordeiro pascoal’. (1 Coríntios 5:7) O sacrifício de resgate é superior ao sacrifício da Páscoa porque liberta as pessoas da escravidão ao pecado e à morte. — Mateus 20:28; Hebreus 9:15. A Páscoa Cristã passou a celebrar a Ressurreição de Jesus Cristo.
Pesquisa Google



No próximo dia 20 de Maio acontecerá um dos festivais católicos mais esperados de Vitória da Conquista e cidades circunvizinhas estamos falando sobre o Festival católico Sacode Conquista, que acontece em Vitória da Conquista. Este ano, o evento terá como atrações o DJ Léo Guimarães, Diego Fernandes e Eugênio Jorge que estão motivados para estarem pela 1° Vez na capital do sudoeste baiano, inclusive os artistas já mandaram recado pelas redes sociais e por meio de video convidando a todos.
O festival Sacode Conquista será realizado no ginásio de esporte Raul Ferraz no dia 20 de Maio em Vitória da Conquista, a organização do evento se prepara a cada dia e aguarda mais uma vez a resposta do público participando do Festival na cidade conquistense.
Os ingressos já se encontram a venda na loja Canção Nova (Avenida Regis Pacheco), na banca Central (Praça Barão do Rio Branco), livraria Dom Climério (Centro), membros da equipe organizadora, membros de grupos, pastorais, movimentos e algumas paróquias.

VALOR DO INGRESSO R$ 25.00
Informações: (77) 98812-0498 / 98832-6739 / 98115-4780 /98818-7082 / 98849-1354 / 98813-4757. Ou pelo e-mail:sacodeconquistavca@hotmail.com
A Páscoa começou a ser mencionada bem no início da Bíblia. Logo que Deus começou a ter contato com o povo de Israel, Ele começou a ensinar-nos todos os Seus mandamentos, estatutos, leis e princípios.
“Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; esta é a páscoa do SENHOR”, Êxodo 12:11. Vemos aqui a primeira instrução da Páscoa. Os Israelitas foram instruídos por Deus para celebrar essa Páscoa pois Ele iria passar pelo Egito e matar todos os primogênitos; “E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o SENHOR”, Êxodo 12:12.

Estas instruções foram dadas a ser celebradas a cada ano por toda a eternidade. Não, Deus não deu instrução para que seja celebrada naquele ano somente mas por todas as gerações, “E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo”, Êxodo 12:14. Podemos observar na Bíblia que depois da morte de Cristo, que Ele foi nossa Páscoa, não mais precisamos matar nenhum cordeiro como fez os Israelitas pois o nosso cordeiro foi, e é, Cristo.

Sabemos que Deus leva Sua Páscoa muito a sério pois deixou mandamentos fortíssimos para aqueles que desobedecessem, “Porém, quando um homem for limpo, e não estiver em viajem, e deixar de celebrar a páscoa, essa alma do seu povo será extirpada; porquanto não ofereceu a oferta do SENHOR a seu tempo determinado; esse homem levará o seu pecado”, Números 9:13. Simplesmente falando, os Israelitas tinham de celebrar a Páscoa senão seriam expulso do meio deles. Um comando de Deus bastante sério. Mas, quando devemos celebrar a Páscoa?

Deus foi bastante específico neste ponto. Observe as instruções de nosso Deus, “No mês primeiro, aos catorze do mês, pela tarde, é a páscoa do SENHOR”, Levítico 23:5. O primeiro mês do calendário daquela época e que é seguido hoje em dia é o mês de Abibe, “Guarda o mês de Abibe, e celebra a páscoa ao SENHOR teu Deus; porque no mês de Abibe o SENHOR teu Deus te tirou do Egito, de noite”, Deuteronômio 16:1. Esse mês no calendário nosso seria Abril. O calendário Hebréico daquela época e que também pode ser usado hoje é baseada na lua nova.

Um dos festivais católicos mais esperados dos conquistenses e da região é o Festival católico Sacode Conquista, que acontece em Vitória da Conquista. Este ano, o evento terá como atrações o DJ Léo Guimarães, Diego Fernandes e Eugênio Jorge.
O festival Sacode Conquista será realizado no ginásio de esporte Raul Ferraz no dia 20 de Maio em Vitória da Conquista, a organização do evento se prepara a cada dia e aguarda mais uma vez a resposta do público participando do Festival na cidade conquistense.
Os ingressos já se encontram a venda na loja Canção Nova (Avenida Regis Pacheco), na banca Central (Praça Barão do Rio Branco), livraria Dom Climério (Centro), membros da equipe organizadora, membros de grupos, pastorais, movimentos e algumas paróquias.
Informações: (77) 98812-0498 / 98832-6739 / 98115-4780 / 98818-7082 / 98849-1354 / 98813-4757. Ou pelo e-mail:sacodeconquistavca@hotmail.com .
Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE




 Gilnar