Arrow

some text some text some text

Siga-nos some text some text some text some text some text some text Nosso Canal no You Tube
Ouça nossa rádio em seu smartphone ou tablet pelo app RadiosNet

Resultados encontrados: Mostrando postagens com marcador Amargosa. Mostrar todas as postagens

Registrado novo terremoto no Vale do Jiquiriçá e Recôncavo Baiano
Um novo terremoto foi registrado em algumas cidades do Vale do Jiquiriçá e Recôncavo Baiano na madrugada desta segunda-feira (31). Os tremores foram sentidos em Amargosa, Santo Antonio de Jesus, Brejões e Elísio Medrado. Os primeiros foram sentidos no domingo (30) pela manhã e o segundo já durante a noite e na madrugada desta segunda-feira.

Os tremores de terra registrados em cidades baianas devem durar “semanas ou meses”, segundo previsão do geólogo Eduardo Menezes, do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O especialista explica que avalia do tipo são comuns na região Nordeste e, principalmente, no Recôncavo baiano. “Há grande concentração de áreas sísmicas ativas. Esses tremores ocorrem por causa de falhas geológicas e pressões nas rochas do subsolo. Quando ocorrem perto de áreas urbanas, claro, a repercussão é maior”, detalha.


Médicos encontraram quatro abelhas vivas dentro do olho de uma mulher em Taiwan, o primeiro incidente do tipo registrado na ilha.
A mulher de 28 anos, identificada somente como "senhora He", estava arrancando ervas daninhas próximas a túmulos de parentes quando os insetos voaram em direção ao seu olho esquerdo.

Hong Chi Ting, médico do Hospital Universitário de Fooyin, onde ela foi atendida, disse à BBC News que ficou "chocado" quando puxou os insetos de 4 milímetros.

He já recebeu alta e a expectativa é de que tenha uma recuperação completa.
As abelhas conhecidas como Sweat bees (abelhas do suor, em tradução livre) ou como Halictidaes, que estavam no olho dela, são atraídas pelo suor do corpo humano e ocasionalmente pousam em pessoas na tentativa de absorvê-lo. Elas também bebem lágrimas por seu alto teor de proteína, de acordo com um estudo da Kansas Entomological Society.
'Elas estavam todas vivas'

No momento em que foi atacada, He participava de um festival anual chinês para reverência aos mortos, o Qing Ming, em que tradicionalmente os túmulos dos entes queridos são limpos e enfeitados.

Quando uma rajada de vento soprou em seus olhos, ela achou que havia entrado sujeira neles, segundo descreveu a repórteres ao comentar o caso.
Horas depois, no entanto, os olhos ainda estavam inchados e doloridos, o que a levou a buscar ajuda no hospital no sul de Taiwan.

"Ela não conseguia fechar completamente o olho. Eu olhei a abertura com uma lente e vi uma coisa preta que parecia ser uma perna de inseto", disse à BBC News o médico e professor de oftalmologia do hospital, Hong.
"Eu agarrei essa perna e, bem devagar, retirei ela, aí depois vi outra, e outra e outra. Elas ainda estavam intactas e todas vivas".

O médico acrescentou que as abelhas devem ter realmente sido sopradas para dentro do olho da mulher com a rajada de vento e acabaram ficando presas lá dentro.
"Essas abelhas geralmente não atacam pessoas, mas gostam de beber suor, daí o nome delas", disse ele.

Hong acrescentou que, felizmente, He não esfregou os olhos após o incidente.
"Ela estava usando lentes de contato e evitou esfregar para não estragar as lentes. Se tivesse esfregado, poderia ter induzido as abelhas a produzirem veneno. Ela poderia ter ficado cega".

Mas o que aconteceu com as abelhas?
"Elas ainda estão vivas. Foram enviadas para outra organização e serão estudadas", disse Hong. "Esta foi a primeira vez em Taiwan que vimos algo do tipo."
Na sessão desta quarta-feira (01/11), o Tribunal de Contas dos Municípios aprovou com ressalvas as contas de três prefeituras, situiada na região do Vale do Jiquiriça são elas: Lafayete Coutinho , Irajuba e Amargosa , todas relativas ao exercício de 2016. Mesmo com algumas contas superando o limite de 54% para gastos com pessoal, o pleno do TCM reconheceu, nestes casos, os esforços dos gestores que procuraram reduzir ao máximo suas despesas no ano em que o Produto Interno Bruto – PIB teve a sua maior queda.
 No município de Lafayete Coutinho, o ex-prefeito Zenildo Brandão Santana conseguiu reconduzir a despesa com pessoal ao índice previsto na LRF, vez que no 1º quadrimestre os gastos alcançaram 57,04% da RCL, mas no 3º representaram 54,93%. O gestor sofreu apenas uma multa de R$3 mil pelas irregularidades constatadas durante a análise das contas. Ainda cabe recursos

 O ex-prefeito de Irajuba, Antônio Oliveira Sampaio, promoveu gastos com pessoal no percentual de 56,32% da RCL do município, motivo pelo qual foi multado em R$14.400,00. Pelas demais irregularidades foi penalizado em R$3 mil e deverá ressarcir aos cofres municipais a quantia de R$200.810,13, com recursos pessoais, pela não apresentação de notas fiscais.

Em Amargosa, a ex-prefeita Karina Borges Silva conseguiu reduzir as despesa com pessoal de 65,86% (1º quadrimestre) para 56,77% (3º quadrimestre), o que revela que as medidas adotadas pela administração foram satisfatória. Por não ter alcançado o índice de 54%, a gestora foi multada em R$ 20.160,00. Também foi imputada uma multa de R$5 mil por outras irregularidades apuradas durante a análise técnica das contas e determinado o ressarcimento aos cofres municipais de R$172.558,67, com recursos pessoais, pelo não envio à Inspetoria Regional de dois processos de pagamento.




Um frigorífico de Amargosa começou na ultima quarta-feira (26) o abate de jumentos na cidade. egundo o governo do estado o Frinordeste gera 150 empregos diretos e 270 indiretos. A expectativa é de que 300 toneladas de carne por mês sejam produzidas e exportadas para o mercado asiático.
"Os 420 empregos gerados são resultado concreto da viagem que fizemos à China em março de 2016. Retornaremos ao país asiático ainda este ano com o objetivo de confirmar investimentos de grande porte, que vão gerar ainda mais empregos e desenvolvimento para o nosso estado", explica o governador Rui Costa.
Sócio da empresa, Mairton Souza explica que o frigorífico será dedicado exclusivamente para esse tipo d carne. "Para conhecer o mercado, nós iniciamos o abate, de forma experimental, no frigorífico da Chapada Diamantina (FrigoCezar), em Miguel Calmon. A partir desse teste, nós destinamos um frigorífico apenas para este tipo de abate", diz.
Além da carne, a intenção é de que o couro do animal também seja exportado para indústrias de cosméticos e farmacêuticos.
O projeto vai desde a compra de jumentos de pequenos produtores rurais para procriação pela empresa, incluindo melhoramento genético a partir de animais que vêm da China.

O deputado estadual Marcell Moraes (PV) já se manifestou  dizendo que irá ingressar no Ministério Público da Bahia (MP-BA) com uma ação contra o abate de jumentos para consumo humano .
O parlamentar disse: "Um absurdo o que estão fazendo com os jumentos da Bahia! Denunciarei esse frigorífico de Amargosa ao Ministério público, pois nos últimos 10 anos, a população desses animais está caindo. Imagina se simplesmente começarmos a abatê-los? Não podemos permitir esse verdadeiro extermínio de animais."
Ainda segundo o deputado, o consumo humano da carne de jumento pode ser perigoso, pelo risco de contração de doenças que muitas vezes nem apresentam sintomas.
 Foto reprodução

A polêmica está gerada no abate de jumentos na cidade de Amargosa, no Recôncavo Baiano. O deputado estadual Marcell Moraes (PV) já se manifestou  dizendo que irá ingressar no Ministério Público da Bahia (MP-BA) com uma ação contra o abate de jumentos para consumo humano .
Segundo as informações  o frigorífico Frinordeste anunciou que começaria a prática visando a exportação para o mercado asiático.
O parlamentar disse: "Um absurdo o que estão fazendo com os jumentos da Bahia! Denunciarei esse frigorífico de Amargosa ao Ministério público, pois nos últimos 10 anos, a população desses animais está caindo. Imagina se simplesmente começarmos a abatê-los? Não podemos permitir esse verdadeiro extermínio de animais." 
Ainda segundo o deputado, o consumo humano da carne de jumento pode ser perigoso, pelo risco de contração de doenças que muitas vezes nem apresentam sintomas.

Adolescente Ana Carolina Souza Santana de 15 anos de idade, que estava desaparecida pós ter saído da escola aonde estuda no período vespertino. foi encontrada  em Maracas. Segundo informações passadas ao Itiruçu Notícias pela Delegada de Polícia Drª Viviane Rosa de Alcântara  a adolescente foi encontra na casa do namorado.
"Foi encontrada, graças a Deus, teve um problema na escola e tinha que levar a tia que é responsável dela, ficou com medo e foi para a casa de um namoradinho, mentindo para a mãe dele que a tia sabia" explicou a Delegada.
Ainda segundo a delegada  a mãe do namorado descobriu que ela estava desaparecida que estavam procurando por ela e foi até o Conselho Tutelar dizer que a menina estava com ela. Que foi Encaminhada para a delegacia ouvida e logo após liberada.

A Prefeitura de Amargosa divulgou na ultima terça-feira (25/04) a sua primeira adesão a uma ata de registro de preços, trata-se da ata 001/201 7. Segundo Portal Amargosa na ocasião a Prefeitura de Amargosa pegou carona na Ata de Registro de Preços N° 002/2017 do Município de Elói Mendes em Minas Gerais. 
Segundo o diário oficial do município, o objetivo foi contratar uma empresa para serviço de telefonia móvel pessoal – SMP, para atender a todos os órgãos da Prefeitura Municipal. 
Na ocasião, a empresa vencedora foi a CLARO S.A, portadora do CNPJ Nº 40.432.544/0001-47 e que segundo a publicação apresentou considerável economia para a Administração. 
O valor da referida economia para a administração é de exatos R$ 54.425,52, a homologação e a autorização para contratação foi assinada pelo Prefeito Municipal no ultimo dia 25/04. Veja Diário Oficial





O prefeito eleito de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), tomou posse há apenas três dias, mas já enfrenta o primeiro protesto de servidores do município. 
De acordo com o site Bahia Interior, antes mesmo de assumir Pinheiro entrou com uma ação na Justiça para questionar a convocação de aprovados em concurso público, chamados pela ex-prefeita Karina Silva no fim de 2016. 
O pedido do petista foi indeferido pelo juiz Alberto Fernando Sales de Jesus, da Comarca de Amargosa. Porém, ao se apresentarem para o trabalho na última segunda-feira (2), os convocados foram informados de que deveriam voltar para casa porque a decisão seria ilegal, já que iria de encontro à Lei de Responsabilidade Fiscal. 
Nesta quarta (4), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sisepa) organizou um protesto em frente ao fórum da cidade. O presidente do Sisepa, Maurício Santos, afirma que o juiz solicitou que o prefeito apresente relatórios que comprovem a suposta ilegalidade. 
Santos negou que houve irregularidades, já que a gestão teria concluído o ano com gastos de pessoal ligeiramente acida de 49%, o que é permitido pela LRF.
Foto: Bahia Interior

A prefeita de Amargosa, Karina Silva (PSB), anunciou sua desistência de concorrer a reeleições municipais de 2016. A informação foi anunciada nesta sexta-feira (29), através de nota oficial da prefeita. 
Segundo as informações do Amargosa News, Karina deve apoiar o ex-prefeito Rosalvinho Sales (PV), que já havia anunciado sua pré-candidatura. e já contava com o apoio do atual vice-prefeito, César Mercês.
Com a desistência de Karina, a disputa será entre os nomes de Rosalvinho e Júlio Pinheiro. 
Veja Nota Oficial  na integra da Prefeita:

"Minhas amigas e meus amigos, Quero, neste momento, dirigir-me à mente e ao coração do nosso querido povo de Amargosa, dispensando formalidades, falar como Karina Silva, amargosense, mãe, mulher, cidadã e militante política, para falarmos um pouco sobre os quase quatro anos de governo que, motivada pela CONFIANÇA de nosso povo na mudança, tive a generosa honra de chefiar. Antes de tudo, devo resumir em uma palavra o sentimento que me vem ao coração: GRATIDÃO. Gratidão pela confiança do povo de Amargosa em entender nosso projeto de governo, em cujo lema “governando com você” encontram-se sintetizados muito mais que um slogan, um compromisso político radical de fazer funcionar uma gestão participativa e próxima de nossa população. Nosso povo constata com pesar e indignação, a profunda crise ética e econômica que assola o Brasil e vem corroendo a confiança de todos nós e a força de nossa economia. O sentimento predominante em todos os lugares é de indignação com o modelo político-econômico imposto em nosso país com graves conseqüências na vida do povo brasileiro. Esta palavra é para que nós entendamos que quem vem pagando a conta pelas irresponsabilidades da política econômica são, sobretudo, as pequenas cidades. Assim, vem acontecendo com Amargosa e outros municípios, alvos da redução ou da extinção dos repasses federais e estaduais, principalmente, através do Fundo de Participação dos Municípios – FPM e outros, que evidencia o pouco caso que as instâncias superiores estão tendo, mormente, com a Saúde, a Educação e a Assistência Social dos cidadãos. Causa-me sofrimento a questão do desemprego em nosso País que também atinge o nosso município. Em Amargosa muitos que deixaram de trabalhar estavam ligados a órgãos de governo ou a iniciativa privada, como o frigorífico JBS (antigo FRIGAMAR) ou a fábrica de calçados DAIBY. Pesame ver tantos passando dificuldades em se manter. Com todos sou solidária. Desde o momento que assumimos a Prefeitura de Amargosa buscamos avançar na construção de novos padrões ético-gerenciais a fim de sanear um modelo que aqui muito se propagava, porém, pouco de concreto havia. Não seríamos irresponsáveis a ponto de anunciar obras em nosso município e não consegui concluí-las ou ficar devendo a fornecedores. Isso não faz parte do meu modelo de gestão! É irresponsabilidade! Já no início, buscamos dar continuidade a obras iniciadas às vésperas da eleição passada. Basta lembrar a creche do bairro da Catiara e a situação do Hospital Municipal de Amargosa. Em todas as ações, nos empenhamos em seguir uma criteriosa análise de que teríamos recursos em caixa para mantê- las e levá-las a conclusão. Todo cidadão responsável sabe da importância do controle do gasto público e do respeito ao contribuinte. Esta noção foi modelada em mim ainda na infância no meu aconchego familiar com o exemplo de meu pai e de minha mãe. Iraci Silva entrou para a história, como prefeita que engrandeceu Amargosa e porque deu dignidade a todos com uma gestão na qual respeitava cada centavo dos recursos públicos. Também minha formação em Administração Pública pela UFBA me deu régua e compasso para unir a teoria à prática, de reproduzir as noções de sucesso que a formação nos proporciona e extinguir todas as irregularidades que uma administração irresponsável comete. Durante estes anos tive que enfrentar inúmeras dificuldades causadas por quem deveria somar para o bem de Amargosa. Não só a nível federal, mas de modo especial a nível estadual, sempre fui a procura de recursos junto ao Governo do Estado e secretarias para demandas, entre outras, como a plena recuperação da rodovia BA 026 (Amargosa- Santo Antônio de Jesus), a construção do Complexo Policial, a implantação da Companhia Independente da Polícia Militar com sua respectiva sede, a viabilização da infra-estrutura necessária para o acesso ao campus do Centro de Formação de Professores da UFRB que está no perímetro da rodovia BA 046 (Amargosa – Brejões) , reparos nas ruas de nosso Município, reabertura do frigorífico da JBS e outras demandas para saúde, educação e outras necessidades. Às vezes, saia de audiências em secretarias com a palavra empenhada de autoridades estaduais, atos inclusive registrados, e, em momentos posteriores, era surpreendida por notícias de quê o que tínhamos pleiteado tinha sido barrado por políticos inescrupulosos que dizem “amar essa terra”, quando não que tinha feito o mesmo pleito querendo, com isto, demonstrar prestígio político, porém, todos podem testemunhar que muito do dito nunca se concretizou. Hoje, as portas da Prefeitura estão abertas para acolher a todos e a prestação de contas do município a disposição para quem quiser fiscalizá-las. Nunca criamos obstáculos, constantemente, fazíamos audiências públicas para expor a vida do nosso município. Na história recente de Amargosa não houve, creio, uma gestão tão solicitada por representantes do Ministério Público da Bahia a fim de prestar esclarecimentos ou agilizar providências. Sem dúvida, temos de louvar a ação seja deste ministério, seja do Poder Judiciário no cumprimento dos seus deveres, o quê em muito contribui para a defesa da ordem jurídica, dos interesses da sociedade e da fiel observância de nossa Constituição. Devo dizer que procedimentos judiciais reclamados em nossa gestão não tiveram de fato origem no meu período de governo. Em nosso mandato quando notificados de algo, respondemos DESTEMIDAMENTE a todas as inquirições e ajustamos as condutas para fielmente cumprir a lei. Seria do meu grande interesse ver o nosso hospital funcionando plenamente, inclusive, com seu centro cirúrgico e a sua lavanderia, que hoje felizmente já estão com as obras concluídas, porém faltam recursos. Tão logo assumi o governo do município estive no Hospital fazendo-me acompanhar pelo representante do Ministério Público e outras pessoas, o quê está documentado, e constatamos graves problemas para o bom desempenho da nossa única casa pública de saúde, tais como uma ampliação que não foi concluída, embora, a verba já tivesse sido depositada nas contas municipais, problemas nas redes elétrica e hidráulica, falta de equipamentos e pessoal. Mesmo assim, o hospital estava funcionando e só em março de 2013 que a Vigilância Sanitária Estadual em mais uma de suas inspeções lacrou as portas do centro cirúrgico e da lavanderia. Conforme relatório que nos foi apresentado tal interdição já era para ter sido feita em anos passados, porém, só no começo do meu governo isto aconteceu. Pode-se bem imaginar tão grande prejuízo para Amargosa e região, mas o Hospital não deixou até hoje de atender a população. Entendemos que para o político sério, responsável e fiel, nada poderá passar despercebido. Tenho a plena convicção de que o político deve servir ao povo e não se servir do povo, como infelizmente procedem muitos que fazem do poder um meio para tirar vantagens pessoais ou do seu grupo tratando o município como um ser de sua propriedade. Já por diversas vezes afirmei que encontrei a Prefeitura inadimplente com o repasse do INSS de seus servidores e, conseqüentemente, sem poder firmar convênios federais ou estaduais. Desde que assumi o governo, venho pagando dívida de gestões passadas num montante de quase 500.000,00 (quinhentos mil reais) mensais para garantir não um favor, mas um direito inalienável dos servidores municipais, conseqüentemente, do povo. Temos a convicção de que contribuímos na REESTRUTURAÇÃO da máquina pública com a finalidade de produzir mais e melhores resultados na qualidade da prestação dos serviços que a sociedade espera. O que nos motivou foi a convicção de gerir com responsabilidade e respeito o dinheiro público em nossa gestão. Meu mandato está chegando ao fim em 31 de dezembro deste ano. Nenhuma outra ambição tive senão o de servir ao meu município. Quero me render à AVALIAÇÃO, não minha enquanto gestora, mas ao funcionário público municipal que tem seu pagamento assegurado de acordo com a lei; pelo cidadão amargosense que vai ao hospital e encontra médicos plantonistas; pelas mães que deixam seus filhos na creche; pela criança, o jovem e o adulto que todos os dias ingressam em nossas escolas para conquistar o conhecimento; não descuidamos de preservar e de criar áreas ajardinadas e também de lazer; meios para a prática de esportes; dos idosos aos quais damos um bom atendimento com atividades inerentes a sua idade; aos trabalhadores rurais que vendem o fruto de sua agricultura familiar para alimentar os milhares de alunos de nossa rede municipal de ensino; a um povo que hoje tem mais segurança com a instalação da companhia independente e a guarda municipal que teve a sua oficialização em nosso governo. Enfim, a toda população de Amargosa que sabe da real situação por que passa o Brasil e que afeta, evidentemente, o nosso município. A estes, sim, eu me rendo às avaliações positivas ou aos desafios a serem superados. Estamos em um período eleitoral, portanto, de muitas expectativas, anuncio oficialmente a todo povo de Amargosa de não concorrer à reeleição à Prefeitura Municipal. Tomo esta decisão com total liberdade, convicta de que faço o máximo possível em honrar o mandato que o povo me confiou, com uma gestão séria, responsável, honesta e comprometida. Essa decisão não significa que saio da política, muito pelo contrário, continuo nas fileiras da militância, conservando em minhas mãos a bandeira da honestidade. Voltaremos a nos encontrar em outro momento, mas, desde agora com o coração aberto agradeço a todos os que somaram em nossa gestão considerando o crescimento e o desenvolvimento de Amargosa.
Meu muito obrigado!"
Karina Borges Silva
Prefeita Municipal
Foto reprodução Amargosa News

Um incêndio de origem ainda desconhecida destruiu uma grande área de vegetação da Mata Atlântica  na localidade rural  de do Timbó  na cidade de Amargosa, situada no Vale do Jequiriça.
Segundo informações colhidas pelo Recôncavo Noticias, o fogo começou a se alastrar na região do Timbó Grande manhã deste domingo (18), e já atinge o povoado do São Bento, com chamas de grande proporção, destruindo mais de 10Kms de vegetação.

A Mata do Timbó é dos grandes símbolos de reserva ecológica da Bahia, mas vem sofrendo a a cada dia com queimadas e extração ilegal de madeira.
Alguns moradores tentaram entrar em contato com corpo de Bombeiros,  pelo 193, mas não conseguiram comunicação.  Ate o fechamento desta matéria nenhuma providência foi adotado por parte dos responsáveis,  e as chamas ainda continuam destruindo a vegetação.
 Recôncavo Notícias

A Polícia Militar de Amargosa prendeu homem em flagrante após o mesmo invadir supermercado no Centro do Município, na noite desta sexta-feira(01). A prisão contou com a ajuda do empresário.
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 20h00min, uma Guarnição foi acionada para atender uma denúncia de invasão ao supermercado Smart, no Centro de Amargosa.
Ao chegar no local, foi realizada a prisão em flagrante de Fabio Silva Santos, vulgo Binho, 32 anos, residente na Rua Esmeraldo Vaz Galvão. O preso foi conduzido a Delegacia Local e colocado a disposição da justiça.
Informações Amargosa News


Depois da noite de horror de quarta-feira (16/07) na cidade de Amargosa, causando a morte de uma criança que foi  baleada  e morta  dentro de casa por um policial civil as informações ainda revela que o autor dos disparos é vereador da cidade de Cachoeira, a cerca de 110 km de Salvador, informa o coordenador do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Moisés Damasceno o autor dos disparo é vereador da cidade de Cachoeira, a cerca de 110 km de Salvador.  foi eleito em 2012, com 560 votos, pelo Partido Republicano Progressista (PRP), como Carlos PC. Ele está no primeiro mandato.
Segundo Moisés Damasceno não há incompatibilidade em exercer o mandato de vereador e ser policial. A presidente da Câmara de Cachoeira, Adriana Silva, informou ao G1 que irá esperar o resultado das investigações para decidir o que será feito em relação à continuidade das atividade de Carlos Raimundo de Jesus Cardoso. O suspeito prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Civil, em Salvador, na quinta-feira (17). Ele nega ter atirado na criança e a Polícia Civil informa que só a perícia vai poder constatar a origem do disparo.
(foto divulgação)


A Polícia Militar através do Comando Regional Leste, adotou uma série de medidas para garantir a segurança e a tranquilidade dos moradores de Amargosa após os incidentes causados por vândalos na noite de ontem (16), depois que uma criança foi morta com um tiro na cabeça.
O comandante geral da PM, o coronel Alfredo Castro, durante encontro no dia de hoje (17) na cidade, informou que uma base móvel da PM será instalada. Além disso, o coronel Adelmário Xavier comandante da Região Leste, enviou cinco viaturas, sendo três carros e duas motos, que farão o policiamento por tempo indeterminado.
Dos 16 presos, que fugiram ontem à noite, quatro já foram capturados por guarnições da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) de Feira de Santana, no comando do tenente PM Sachdev, além disso, foram recuperadas quatro espingardas calibre 12 e dois revólveres.
Neste momento cerca de 100 policiais estão na cidade, além da CETO, o Comando Independente de Policiamento Especializado Litoral Norte, o policiamento do Centro de Operações Especiais do Batalhão de Choque. 
Informações via  Acorda Cidade


A comemoração dos 122 anos de emancipação política do município de Amargosa foi marcada por uma sessão especial, realizada na Câmara Municipal da cidade, na quarta-feira,19, para homenagear personalidades locais e políticos que de destacam em suas respectivas atividades, pelos serviços prestados ao município.
O deputado Marcelo Nilo, presidente da Assembleia Legislativa, foi um dos agraciados com o titulo de cidadão Amargosense, proposto pelo presidente da Câmara, vereador Marcos Paulo (PDT), por sua dedicação ao município de Amargosa, ao longo de seus quatro mandatos de presidente da Alba.
A solenidade teve inicio com a execução do Hino Nacional, por parte da filarmônica da cidade, logo depois os títulos começaram a ser entregues, seguidos pela apresentação do Coral de Vozes de Amargosa. Em seu discurso de agradecimento, o deputado Marcelo Nilo enalteceu as qualidades do município de Amargosa, que se destaca pelos serviços de saúde, mas, principalmente, por ser considerada a terra do forró, na Bahia. “Parabéns a Amargosa por divulgar tão bem a festa mais popular que existe, que é o São João, para o mundo todo”, afirmou.
Nilo destacou o poder da imprensa. “Vivemos num país dividido em três poderes, mas o poder maior é o chamado quarto poder, o poder da mídia”, enfatizou. Ele parabenizou a Rádio Vale, que completa três anos na cidade, pelos serviços de utilidade pública prestados ao município.
Marcelo Nilo contou sua história política ao longo de seis mandatos de deputado estadual na Assembleia Legislativa. Ao final, agradeceu o reconhecimento do seu trabalho como homem público. “Eu me sinto muito feliz por ser filho de Amargosa. É uma dádiva de Deus”, arrematou.
(Ascom)



Aconteceu no município de Amargosa nesta sexta (22) a primeira reunião técnica do Projeto ProInfância Bahia . O Projeto foi apresentado pela coordenadora de Polo Tatiane Santos de Brito e a estagiária Áurea Teixeira Santos. Com a presença 23 representantes das cidades da região.
O objetivo principal do programa é oferecer assessoria pedagógica aos municípios contemplados pelo ProInfância, no estado da Bahia, na estruturação e na organização do funcionamento das instituições de Educação Infantil.
O projeto assessora pedagogicamente 221 cidades baianas por meio de formação continuada e é uma parceria entre a Faculdade de Educação (Faced), da UFBA, e o Ministério da Educação.
Estavam presentes no evento os Secretários Municipais de Educação, Coordenadores da Educação Infantil e Técnicos das Secretárias, também estavam presentes vereadores e a Prefeita Carina Silva que ao fazer uso da palavra falou da importância do Projeto para Educação Infantil e disse que tem certeza que o projeto irá ajudar a criança a escrever, ler e interpretar, e que assim virão as melhorias educacionais.
O Município de Itiruçu estava representado pelo Secretário de Educação Manoel Missias a coordenadora da creche infantil Edésia Novaes da Silva Profª. Eliane Barbosa e a Profª. Marlene Mendes.



A população de Amargosa passou a contar nesta quinta-feira (23) com novos serviços de saúde. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) inaugurou o Laboratório Municipal Nilson Lomanto, a Unidade de Saúde da Família (USF) de Santa Rita e a nova base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), que já funciona na cidade desde setembro. O ato contou com a presença do secretário Jorge Solla.
Com o funcionamento do novo laboratório, que contou com investimento de R$ 274 mil da Sesab, os 36 mil habitantes de Amargosa terão acesso a mais de 200 tipos de exames. “Para realizar alguns deles, a população tinha que ir até Salvador. Agora serão feitos aqui na cidade”, disse a secretária de Saúde do município, Joseane Bonfim, informando que as novas instalações e equipamentos vão proporcionar a realização análises de maior complexidade.
O Samu do município compõe a Regional de Santo Antônio de Jesus, onde funciona a Central de Regulação. A base em Amargosa atende como uma unidade de suporte básico. A USF de Santa Rita, que beneficiará cerca de quatro mil pessoas residentes proximidades, contará com equipes de saúde da família, composta por médico, enfermeiros e agentes comunitários, e de saúde bucal.

Investigadores da Delegacia Territorial de Amargosa desarticularam um esquema de venda de remédios de uso controlado, com a prisão de Rogério Silva dos Santos, 25 anos, quando, na quarta-feira (27), ele se preparava para entregar algumas cartelas de Cytotec, medicamento utilizado como abortivo. O traficante recebia os pedidos por telefone e utilizava o serviço de mototaxistas para entregar as encomendas. Com passagens pela polícia por assalto e formação de quadrilha, Rogério mora no bairro de Vida Nova, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, e comercializava os medicamentos em Amargosa e municípios vizinhos. Os medicamentos eram adquiridos na Feira de São Joaquim, na capital, e na Feiraguay, em Feira de Santana. O delegado titular de Amargosa, Wagner Marinho, explicou que “Rogério revendia cada cartela de Cytotec por R$100”. Os policiais também apreenderam anabolizantes e remédios tarja preta. O acusado está custodiado na carceragem da delegacia local.
Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE