Arrow


Polícia Civil de Brejões alerta para golpe de clonagem do WhatsApp

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021 - 0 Comentários

A Polícia Civil, através do Delegado Doutor Isaías Neto titular  da delegacia Territorial de Brejões da 9ª Coorpin. Alerta para um golpe de clonagem do aplicativo WhatsApp que tem sido praticado em Brejões e em todo o país. Só nos últimos dias já foram duas ocorrências, mas o número pode ser muito maior, levando-se em conta as outras regiões.

Há formas conhecidas de golpes, como quando, após obter o número do telefone da vítima, o cibercriminoso faz uma chamada fingindo ser um funcionário de suporte técnico de um site conhecido para solicitar que a vítima compartilhe um código de confirmação via SMS; na verdade, o código foi enviado pelo próprio fraudador.

Se a vítima clicar no link recebido, permite que os cibercriminosos clonem a conta e procurem mais contatos, para enganá-los. Com isso, o usuário pode perder o controle do WhatsApp, enquanto o fraudador pode ler e enviar mensagens em seu nome  e pede algum tipo de ajuda financeira, alegando precisar fazer um depósito ou outra transação bancária.

 Quando o aplicativo é instalado em outro aparelho, o usuário original não consegue mais acessar o programa. No entanto, até ele descobrir que aquele problema aparentemente técnico se trata de um golpe, pode ser tarde demais. Além disso, como a maioria possui uma vasta agenda, não é tão simples assim avisar a todos.

Para se proteger de clonagem do whatsapp, a policia civil de Brejões avisa que evite compartilhar seu número de telefone em plataformas públicas. Nunca  compartilhe o código de autenticação do WhatsApp, nem mesmo com amigos e familiares. O delegado Doutor Isaías Neto orienta as vitimas que tiveram o whatsapp clonado que procure a delegacia de policia para realizar a ocorrência.

Informações Jair Medrado


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar