Nossas redes sociais

some text  some text  some text  some text  some text  some text  some text 

"Viver como se cada instante fosse um milagre"
Arrow

Ouça Web Rádio Itirussu no seu celular ou tablet

Ouça nossa rádio em seu celular ou tablet com Android ou no iPhone e iPads

Maracás: Regulação avaliada como intermediária arrisca vida de paciente

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 28 de janeiro de 2021 - 0 Comentários

A saga da busca da liberação da regulação  do paciente Gildo Honorato de 74 anos internado em estado grave desde o último dia 20 de janeiro, vítima de um câncer na faringe.continua.

Segundo a coordenação do hospital, o quadro clínico do senhor Gildo Honorato vem sendo atualizado diariamente, porém ainda sem sucesso no que se refere à regulação, expedida desde a data em que se deu a internação do paciente na unidade.Informações do blog Giro no Vale.

Segundo informações do portal   a situação do paciente, apesar do ser idoso e apresentar um quadro crônico de cefaléia, dor serviçal, sensação de obstrução de via aérea, lesão expansiva, biópsia e linfoma de células confirmado, além de dificuldades de deglutir e respirar a regulação do idoso apesar da gravidade do caso  está avaliada como intermediária.  Que diante de tantos diagnósticos deveria está como grave, com isto a regulação fica prejudicada para ser liberada.

Questionada sobre a classificação do boletim clínico, a direção do hospital municipal Álvaro Bezerra informou que a análise em tela é avaliada pelo médico e que não interfere. Uma ação judicial, tenta antecipar uma consulta de seu Gildo Honorato que foi marcada desde outubro de 2020 para março de 2021 no Aristides Maltês, algo que segundo o hospital Aristides Maltês basta uma ligação do médico da unidade Maracaense para o oncologista para resolver o assunto. 

No hospital apenas seu Gildo aguarda regulação, 3 pacientes foram regulados para outros hospitais desde segunda feira, o caso do seu Gildo além de delicado chega a ser ainda mais difícil "O tratamento dele só tem no Aristides, se tivesse em outros hospitais possivelmente ja teria resolvido" disse uma funcionária do hospital municipal Álvaro Bezerra.


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Web Rádio do Blog Itiruçu Notícias com transmissão utilizando a tecnologia streaming. Web Rádio Itirussu, conectada com você!
   
Baixe aqui app Web Rádio Itirussu


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


PUBLICIDADE