Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Covid19: Coren-BA recebe denuncias de suposto caso de preconceito em Itiruçu

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 27 de maio de 2020 - 0 Comentários

Covid19: Coren-BA recebe denuncias  de suposto caso de preconceito em Itiruçu
A assessoria  de comunicação do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia   através rede social, informou que o órgão  recebeu a denúncia de que profissionais de enfermagem de Itiruçu e do Hospital Geral Prado Valadares estão sofrendo preconceito e retaliações por serem profissionais da saúde . A assessora Juliana Souza, compartilhou a nota nas redes sociais sendo replicada por varias pessoas:

Veja nota na integra:

"O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) lamenta que exista preconceito contra profissionais de saúde que atuam no Hospital Geral Prado Valadares e que estão na linha de frente do atendimento à população e trabalhando para salvar vidas. Segundo a Resolução Cofen nº 564/2017, a(o) profissional pode requerer ao Conselho Regional de Enfermagem, de forma fundamentada, medidas cabíveis para obtenção de desagravo público. O desagravo público é um processo de apuração de casos em que o profissional da enfermagem sofreu alguma ofensa ou agressão durante o exercício de sua função, sendo que, se verificada procedência, o Coren-BA irá se manifestar em favor do profissional ofendido.

É importante destacar que o momento atual deveria ser de valorização das categorias de enfermagem, pois são estas(es) profissionais que diariamente estão correndo risco de contaminação. Somente na Bahia, mais de 134 mil profissionais estão habilitadas(os) a prestar assistência à população. Se porventura uma(um) trabalhadora(or) é contaminada(o), a sociedade precisa prestar solidariedade e, se possível, oferecer ajuda para as condições adequadas de isolamento. Trata-se de um trabalho que além de gerar desgaste físico, afeta o psicológico.

Para amenizar os efeitos à saúde mental, o Conselho Federal de Enfermagem disponibilizou um canal de atendimento 24h, todos os dias da semana, para que os profissionais de Enfermagem possam procurar ajuda emocional em meio à situação de pandemia do COVID-19. Um chat online fica disponível no canto inferior direito da tela no site do Cofen (www.cofen.gov.br) com atendimento ininterrupto a todos os profissionais de Enfermagem que necessitarem de algum apoio. A equipe é formada por enfermeiras(os) voluntárias(os) especializados na assistência de saúde mental, que visam colaborar com os milhares de profissionais que têm trabalhado incansavelmente nas unidades de saúde do País
".


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar