Obras do CAPS em Salvador ficam paradas por falta de alvará - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Obras do CAPS em Salvador ficam paradas por falta de alvará

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 15 de junho de 2018 - 0 Comentários

Prefeitura de Salvador nega alvarás para unidades de saúde, revelou o Deputado Jorge Solla



As obras de construção de postos de saúde e de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que estavam previstas para Salvador, como parte do programa de investimentos PRO-SUS (financiado pelo BID), estão parados por demora na liberação de alvarás. É o que revelou na noite desta quarta-feira (13) o deputado Jorge Solla (PT-BA) em pronunciamento na Câmara de Deputados.
“O governador Rui Costa, com um projeto que eu fiz ainda como secretário, conseguimos recursos do BID para construir vários postos de saúde, construir CAPS. O governador licitou, já ordenou obra, contratou empresas, e as obras estão paradas. Tem posto de saúde pra Itapuã, Boca do Rio, Imbuí, Pirajá, tem CAPS pra Boca do Rio, tudo parado porque a prefeitura não dá alvará”, denunciou o petista.
O PRO-SUS captou US$ 250 milhões via Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimentos em Saúde na Bahia, que vão desde a construção do Hospital Metropolitano (em obras) à construção de 7 policlínicas, 9 CAPS e 11 unidades de saúde básicas.
“A praia do prefeito de Salvador é fazer festa, agora não precisa perseguir a população de Salvador numa situação como a da Saúde. Sabe por que não dá alvará? Porque ele acha que se construir vai contar ponto pro governador. Prefeito, não seja tão mesquinho na política. Não prejudique mais sua cidade, deixa o governador Rui Costa trabalhar para melhorar a saúde de nossa população”, provocou Solla.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes