Lajedo do Tabocal: Júri popular condena assassino de professora - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Lajedo do Tabocal: Júri popular condena assassino de professora

Por: Ed Santos - quinta-feira, 14 de junho de 2018 - 0 Comentários

O advogado de defesa  disse  que vai recorrer da decisão

O jovem Orlan Silva dos Santos (21) foi condenado a 20 anos de prisão, pelo assassinato da professora Viviane da Silva Aragão (32), ocorrido em 08 de setembro de 2016, dentro de uma de suas casas que ficava no povoado de Baixa Grande, município de Lajedo do Tabocal, Bahia. Durante o depoimento o marido da vitima Givanildo Silva dos Santos ficou emocionado, e chorou ao dizer como encontrou o corpo de sua mulher caído ao chão. Já o réu de mostrou frieza ao depor.
O júri popular foi realizado nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal de Lajedo do Tabocal. A sentença foi proferida pela juíza Dra. Andréa Padilha Sodré Leal Palmarella da Vara Criminal da Comarca de Jaguaquara.
Orlan Silva já estava preso há um ano e nove meses no Conjunto Penal de Jequié, no sudoeste da Bahia, aonde vai cumprir o restante da pena.
Na época, Viviane teria sido surpreendida pelo assassino após ele invadir a casa no momento em que ela fazia a limpeza, lhe golpeando com uma faca peixeira várias vezes. A professora ainda tentou se defender, ao tempo que suplicava ao assassino para não ser morta, dizendo que tinha um filho pequeno para criar.
O júri começou por volta das 09h da manhã, e encerrou às 05h da tarde. O advogado de defesa Dr. Nilton de Sena Oliveira disse a nossa reportagem que vai recorrer da decisão.
Após a divulgação da sentença, a mãe do réu passou mal e foi socorrida por uma ambulância até o Hospital Municipal Álvaro Vasconcelos Fagundes (HMAVF). Já no hospital ela foi atendida, e se encontra em observação.
Givanildo disse que mesmo sabendo que sua mulher não volta mais, a sensação é que a justiça está sendo feita, o que dar mais um pouco de alivio.

 Foto/Fonte: Blog Ely Moraes


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação