Funcionarios demitidos da EBAl fazem protestos em Salvador - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Funcionarios demitidos da EBAl fazem protestos em Salvador

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 4 de junho de 2018 - 3 Comentários

“Infelizmente a dificuldade financeira tirou muitos trabalhadores desse protesto. diz presidente Associação Baiana dos Trabalhadores da EBAL 



Mais de trezentos trabalhadores demitidos da Empresa Baiana de Alimentos (EBAL) realizaram uma manifestação nesta segunda (4), fechando a rua próxima ao Shopping da Bahia por volta das 14 horas. 

O presidente da Associação Baiana dos Trabalhadores da EBAL/Cesta do Povo, Francis Tavares, afirmou que a manifestação só não foi maior por conta da situação em que hoje vivem os funcionários demitidos. “Infelizmente a dificuldade financeira tirou muitos trabalhadores desse protesto. A grande maioria está numa situação muito difícil e não consegue recolocação no mercado de trabalho. De um total de 2.700 funcionários, 2.400 já foram demitidos”, lamenta Francis, que confia no resultado da manifestação: “Espero conseguir sensibilizar o judiciário quanto ao julgamento do processo da segunda instância”.

A expectativa da categoria é de que a sentença seja favorável aos 2.700 funcionários da EBAL, muitos admitidos segundo o presidente da Associação através de concurso público. Eles esperam a readmissão, na tentativa de fazer um acordo. A categoria pede uma indenização pecuniária e manutenção do plano de saúde do estado, o PLANSERV. “Queremos a manutenção do plano de saúde por um período determinado, tendo em vista que a Cesta do Povo é considerada a empresa de supermercados com o maior índice de doenças ocupacionais”, ressalta Francis Tavares.


Não se esqueça de ler isso também ...

3 comentários:

  1. Muito triste essa realidade que passa os trabalhadores demitidos da cesta do povo. Muitos anos dedicados a empresa. E muitos já com doenças ocupacionais. É quando eles mais precisam de um plano de sausa. É lamentável.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para todos nós,juntos fazemos a diferença!

    ResponderExcluir

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif