Juíza da Comarca de Jaguaquara fala de Portarias da Lei do Silêncio - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Juíza da Comarca de Jaguaquara fala de Portarias da Lei do Silêncio

Por: Ed Santos - quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Juíza fala sobre o direito ao sossego e suas consequências nas esferas cível e criminal


A emissão de ruídos, em decorrência de qualquer atividades industriais, comerciais, sociais ou recreativas, inclusive as de propaganda política, que perturbar alguém, no trabalho ou o sossego alheio, com gritaria ou algazarra; exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais; abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;poderá sofrer sanções de acordo com a LCP, a Lei de Contravenções Penais.
Diante de diversos assuntos em entrevista com  a Juíza Drª Andreia Padilha Sodré Leal Palmarella também tratou desde assunto falando sobre  as denuncias que abrange a qualquer emissão de barulhos e que as denuncias podem serem feita mediante fotografias de veículo infratores. A Portaria está valendo para todo município de Itiruçu.  Ainda explicou que existe a crença de que ninguém tem direito de fazer barulho excessivo com perturbação do sossego das 22 horas de um dia as 5 horas da manhã do outro, mas isso não é verdade.
Ouça entrevista:

>center>



Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação