Cipe Mata Atlântica prende autor de crime que chocou o Extremo Sul da Bahia - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Cipe Mata Atlântica prende autor de crime que chocou o Extremo Sul da Bahia

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 25 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Rairone Moura Santos estava com mandado em aberto por estupro de um criança de quatro meses, crime ocorrido em Belmonte


Policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica e da 8ª Companhia Independente da PM (CIPM/Itapetinga) prenderam em uma fazenda, na localidade de Boca do Córrego, em Belmonte, Rairone Moura Santos. Procurado pelo estupro de um bebê de quatro meses, o acusado tinha mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Belmonte, que foi cumprido pelos policiais na tarde de sexta-feira (23).
O crime que chocou o sul do estado ocorreu no distrito de Santa Maria Eterna, no dia 18, em outro distrito de Belmonte. Eron, como também é conhecido o acusado, percebeu a presença policial e tentou fugir. De acordo com o comandante da Cipe Mata Atlântica, major Ronivaldo  Pontes, foi preciso a ajuda de um vaqueiro, que laçou o acusado, após o cerco montado pelos policiais, diante da dificuldade de locomoção do local onde ele estava escondido.
"Preciso destacar o empenho dos policiais envolvidos na ação, que inclusive tiveram que utilizar cavalos para chegar ao local onde o bandido estava escondido", elogiou o major. Contou ainda o desafio enfrentado pelos policiais ao chegarem no distrito onde ocorreu o crime.
"Uma multidão estava à espera das equipes para aplaudir, mas muitos exaltados queriam linchar o acusado. Foi uma grande missão conseguir chegar à unidade da Polícia Civil e apresentar Eron sem que acontecesse outra tragédia", finalizou o major.
Foto: SSP Divulgação


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif