Atirador abre fogo em escola na Flórida (EUA) e faz mortos e feridos - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Atirador abre fogo em escola na Flórida (EUA) e faz mortos e feridos

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

O ataque a tiros na escola deixou  17 mortos; o suspeito  preso é um ex-aluno do estabelecimento de ensino


Um atirador abriu fogo em uma escola de ensino médio em Parkland, a 55 km de Miami  na Flórida na tarde desta quarta-feira (14), por volta das 14h30 (hora local), horário de saída dos estudantes da escola de ensino médio Marjory Stoneman Douglas , matando ao menos 17 pessoas. Scott Israel, xerife de Broward County, afirmou que 12 morreram no local, três do lado de fora da escola e duas no hospital. Doze outras pessoas foram levadas ao hospital e estão sendo tratadas. O autor do tiroteio   foi detido fora do recinto escolar e identificado pelas autoridades como Nikolaus Cruz, de 19 anos. Segundo apurou a Associated Press, o jovem é um ex-aluno do estabelecimento de ensino

O xerife do condado de Broward, Scott Israel, afirmou que o cenário encontrado na escola "foi horrível" e que este foi "um dia catastrófico".
Um dos alunos falou à imprensa norte-americana que o autor seria uma pessoa "problemática" e já teria mostrado fotos de suas armas no celular.

Nas imagens de emissoras locais, era possível ver dezenas de pessoas saindo da escola com as mãos ao alto ou cruzadas atrás da cabeça.
O presidente dos EUA, Donald Trump, foi informado sobre o incidente. Em mensagem postada no Twitter, ele ofereceu condolências às famílias das vítimas. "Nenhuma criança, professor ou qualquer pessoa deveria se sentir inseguro em uma escola americana", disse.
*(Com AFP)


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum