Homenagem a Antonio Francisco de Souza (Machadão) - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Homenagem a Antonio Francisco de Souza (Machadão)

Por: Itiruçu Notícias - - sábado, 27 de janeiro de 2018 - 0 Comentários

Há 11 anos morria "Machadão" um dos prefeitos mais populares da historia do município de  Itiruçu 


Morreu no dia 27 de janeiro de 2007, aos 85 anos um dos mais respeitáveis políticos que Itiruçu já teve. Antonio Francisco de Souza (Machadão), prefeito em 1966 e 1976 ficou marcado na historia de Itiruçu por ser um homem publico que nunca deixou seus valores éticos pela ambição que o poder transforma os mais fracos.
Machadão entre vários de sua qualidade como político   ficou marcado pelo o seu compromisso de honrar suas suas obrigações a pagar. Relatos  dizem que quando o trabalhador não ia receber seus vencimentos ele se deslocar até a casa do servidor  para pagar e assim também como fornecedores.
Apesar de está completando 11 anos  ainda há o sentimento de gratidão principalmente de gerações da época com o ex-prefeito.
Homenagem ao ex-prefeito  Antonio Francisco de Souza (Machadão):

"É sempre assim um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus permite que nós tire  o que mais amamos. Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada "meus pêsames" parecem pesar. 
Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: "te amo"; "preciso de você", "estou sempre aqui", "me preocupo", e como se não bastasse vem à frase mais forte "a culpa foi minha" . 
Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância. E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza. Quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais; quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido; quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.
E a culpa? A culpa é da vida que tem inicio, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém. Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros. Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhante, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza"
Antonio Francisco de Souza (Machadão), estará sempre nos corações dos itiruçuenses.
Adaptado de Texto de autor desconhecido


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum