Bolsonaro recebeu R$ 200 mil em propina da JBS, em 2014 - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Bolsonaro recebeu R$ 200 mil em propina da JBS, em 2014

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 21 de maio de 2017 - 0 Comentários


Jair Bolsonaro (PP) não se cansa de falar que é um político de moral ilibada. Ainda assim, o deputado federal compartilhou um vídeo para explicar a doação no valor de R$ 200 mil que recebeu da JBS durante sua campanha de 2014.
Os dados constam na Consulta aos Doadores e Fornecedores de Campanha de Candidatos no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Reeleito deputado federal com o maior número de votos no Rio de Janeiro naquele ano, foram mais de 460 mil votos, Bolsonaro, por sua vez, afirma ter devolvido o valor doado pela empresa detentora da Friboi.

Em vídeo postado no seu canal de YouTube, o deputado indica que o montante de R$ 200 mil, que corresponde à metade do total gasto na sua última campanha, foi devolvido como “doação ao partido”. Na planilha do TSE, porém, os mesmos R$ 200 mil voltam à conta de Bolsonaro, agora numa doação feita pelo fundo partidário.
A operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal indica que políticos e partidos estavam envolvidos na fraude que emitia licenças sanitárias. Os desdobramentos políticos da operação ainda não estão esclarecidos. O certo, no entanto, é que a JBS doou, em 2014, mais de R$ 360 milhões a políticos. Ao lado da Ambev e da Construtora OAS, a detentora da Friboi foi a empresa que mais doou dinheiro para campanhas.
Fonte: Vice Brasil.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação