Setor produtivo quer modernização da regulamentação do uso de defensivos agrícolas - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Setor produtivo quer modernização da regulamentação do uso de defensivos agrícolas

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 2 de dezembro de 2016 - 0 Comentários


O secretário da Agricultura, Vitor Bonfim, esteve reunido ontem (01/12), com o presidente do Consórcio Cooperativo Agropecuário Brasileiro (CCAB), Jones Yasuda, que chamou atenção para a necessidade de modernização da regulamentação do uso de agrotóxicos no Brasil, Lei 7.802 sancionada em 1989. De acordo com Yasuda, já existe um projeto de lei tramitando na Câmara Federal, que propõe mudanças no uso dos defensivos agrícolas. Ele destacou aspectos como a necessidade do uso do produto correto no controle de cada doença; a adoção de novas técnicas de análise de riscos já utilizadas em outros países, e as dificuldades no processo de registro dos defensivos no Brasil.

Yasuda solicitou o apoio do secretário, para levar à próxima reunião do Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Agricultura (Conseagri), a necessidade de implantar o conceito sobre o que é prioritário para o setor produtivo, com demandas já elencadas por associações brasileiras ligadas ao segmento agropecuário. O objetivo é sanar os problemas que afetam a economia, priorizando, inicialmente, as cadeias produtivas da soja, cana-de-açúcar, milho e algodão, com importante apelo econômico e social.

“É prioridade do governo do Estado o fomento às atividades agropecuárias, especialmente em tempos de crise. Esse segmento é o que melhor responde em termos de retorno financeiro, já que em muitas culturas, em seis meses é possível plantar, colher e comercializar. Vamos levar as demandas para discussão do Conseagri”, finalizou Bonfim.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação