Operação desarticula fraude em licitações para impressos gráficos - Itiruçu Notícias
Arrow
Campeonato Brasileiro Serie C - Juazeirense x Remo Ao Vivo

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Operação desarticula fraude em licitações para impressos gráficos

Por: Itiruçu Notícias - - segunda-feira, 28 de novembro de 2016 - 0 Comentários

Organização criminosa envolvida com fraudes em licitações, em Salvador e cidades do interior da Bahia, foi alvo de uma operação do Ministério Público do Estado , na manhã de hoje (28). A Operação Quali foi deflagrada por agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do MP (Gaeco), juntamente com o Departamento de Combate ao Crime organizado da Polícia Civil da Bahia (Draco) e do Centro de Operações Especiais, também da Polícia Civil do estado.
Ao todo são 35 mandados a serem cumpridos, entre eles oito de prisão temporária, seis de condução coercitiva e 21 de busca e apreensão, em Salvador e Lauro de Freitas, região metropolitana da capital baiana.
Segundo o Ministério Público, os alvos da operação são empresas que atuam no ramo de impressos gráficos e que formaram cartel para vencerem licitações em órgãos públicos estaduais e municipais.
As investigações apontaram que o grupo atuava há alguns anos na capital e no interior da Bahia e vinha vencendo licitações em alguns órgãos públicos, com preços superfaturados que chegavam a superar 20% o valor do serviço. As fraudes foram responsáveis pelo gasto de milhões de reais – valor ainda não definido – dos cofres públicos.
Imagens reprodução


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif