Itiruçu: Estatuto do servidor traz retrocessos diz Sindicatos - SINSERV - Itiruçu Notícias
Arrow
formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Estatuto do servidor traz retrocessos diz Sindicatos - SINSERV

Por: Ed Santos - sexta-feira, 25 de novembro de 2016 - 0 Comentários

Resultado de imagem para Plano de Cargos e Salários

Funcionários públicos do município de Itiruçu reuniram-se no auditório da Câmara de Vereadores, juntamente com a diretoria do SINVSERV (Sindicatos dos Servidores Públicos de Jequié e Região) para discutir o novo projeto de lei que trata do Estatuto, Sistema de Previdência e Plano de Carreira, Cargos e Salários dos Servidores da Administração Direta. A lei que regulamenta estes princípios dos servidores municipais é do final da década de 90, e é uma reivindicação da classe que se fizesse melhorias. No entanto, o novo projeto de autoria do executivo, ou seja da atual gestão, já começa a causar dores de cabeça, pois o que seria para atualizar e melhorar as condições de trabalho no município, traz mesmo é atrasos se comparado até mesmo com o que está em vigor. 

De posse do projeto, os servidores municipais questionam situações que configuram perdas salariais com o projeto, a exemplo do anuênio que passaria a ser quinquênio, ou seja, pela lei atual os servidores teriam direitos a reajustes acima do mínimo todo ano, o que já não é cumprido, apesar de ser lei, já com o projeto, só a cada cinco anos. De acordo com Vinicius, vice-presidente do Sinserv,  “outro ponto é a questão das atribuições dos cargos públicos, onde apresenta muita confusão e brechas para abusos e desvios de função contra vontade do servidor, quando fala de exercer atividades correlatas, sem especificar quais, abre margem para abusos de superiores.”  

Outro ponto questionado por exemplo é para a função de Agente de Portaria, segundo um dos agentes, o projeto cita de forma correta controlar entrada e saída de pessoas, mas entra em pontos estranhos quando cita receber e transmitir recados, trabalhar com alimentos (cozinha) e até limpeza, o que seria um claro extravio da função original segundo o Catálogo Brasileiro de Ocupações—CBO que descreve, que o Agente de Portaria tem como função {Fiscalizar e guardar o patrimônio e exercem a observação, edifícios públicos, percorrendo-os sistematicamente e inspecionando suas dependências, prevenindo perdas, evitando e prevenindo acidentes, atento a entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades; controlam fluxo de pessoas, identificando, orientando e encaminhando-as para os lugares desejados}. Outro ponto questionável quanto a vicio no projeto, é no que tange a profissão de pedreiro, onde se recomenda que ele execute pinturas, uma vez que já há no mesmo projeto previsões para pintores, que fariam o mesmo trabalho.



 
Por Edsantos/Itiruçu Notícias


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif