Notícias do Vale

Notícias da Bahia

Noticias do Brasil

Opinião & Notícias

Audios & Vídeos

A guarnição da Policia Militar do 2⁰ PEL - Itiruçu, por volta das 13 horas desta sexta-feira (24/06), recebeu denuncia de um furto de motocicleta placa na cidade de Maracás, e que o autor da ação criminosa poderia está na cidade de Itiruçu.

Segundo informações da policia  ao realizar um diligência pelo centro da cidade, foi localizado o elemento que teria cometido o ato criminoso juntamente com a
motocicleta, sendo que ambos foram encaminhados a Depol para a adoção das medidas cabíveis.

Foto Polícia Militar


Um homem foi preso após comprar a quantia de R$ 1 mil em notas falsas, na quarta-feira (22/6). O flagrante foi realizado no interior de uma agência dos Correios, em Paramirim, a 670 km de Salvador, no momento em que ele recebia o dinheiro.

Agentes da Polícia Federal de Vitória da Conquista comunicaram à delegacia da cidade sobre a chegada da encomenda com o dinheiro falso.
“O suspeito confessou ter comprado as notas em um aplicativo de mensagens”, informou a titular da unidade territorial, a Maria Helena Tenório Teixeira.

Agora, as cédulas de R$ 100 e R$ 50, com números de série repetidos, serão destruídas. O suspeito foi autuado por crime de moeda falsa e está à disposição da Justiça.
O procedimento será encaminhado à Polícia Federal, para continuidade nas investigações.

Um homem matou a esposa com golpes de machado na zona rural Caculé, cidade que fica no sudoeste da Bahia. Depois de cometer o crime, no domingo (19), ele ingeriu veneno e tirou a própria vida.

De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu em uma localidade conhecida como Fazenda Grama. A vítima foi identificada como Maria José Gomes Rocha. A idade dela não foi divulgada.

A polícia investiga o que motivou Nivaldo Santos Rocha a cometer o crime. Testemunhas afirmaram que ele não tinha problemas psicológicos aparentes.

Os corpos foram encontrados por vizinhos, que chamaram polícia. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local, para fazer a perícia. 

Foto: Reprodução/TV Bahia

Cinco pessoas foram presas e armas e drogas apreendidas na tarde de domingo (19) em Iramaia, cidade do sudoeste baiano, durante uma operação policial.

Foram apreendidos um fuzil calibre 7.62 de numeração raspada, duas submetralhadoras calibre .40 com carregadores, 943 comprimidos de ecstasy, 3.300 porções de cocaína, além de 64 quilos da droga, 12 quilos de crack, 1.972 quilos de maconha e mil vasilhames de skunk, totalizando nove quilos.

De acordo com a Polícia Militar, a situação ocorreu durante uma abordagem a pessoas que viajavam juntas e estavam em um carro e um caminhão que seguiam em direção a Feira de Santana. Os veículos estavam no pátio de um posto de combustível e os suspeitos apresentaram nervosismo, além de informações desencontradas.

Durante as buscas, os policiais encontraram armas e drogas que estavam escondidas no caminhão. Segundo os suspeitos, todo o material saiu do estado de São Paulo e tinha como destino o interior da Bahia.

Os suspeitos e todo o material apreendido foram encaminhados para a delegacia de Jaguaquara, onde o flagrante foi registrado.

 Foto: Divulgação/PM-BA

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda feira (20/06), a Operação Mercado Negro, que visa combater o crime de descaminho, na cidade de Vitória da Conquista- BA.

A investigação iniciou a partir da constatação de que um homem comercializava, em Vitória da Conquista, nos últimos cinco anos, aparelhos da marca IPHONE, trazidos do Paraguai para o Brasil, sem o pagamento de tributos.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, e apreendidos estoques dos produtos descaminhados, bem como diversas anotações comprovando o grande volume de vendas realizadas sem notas fiscal e sem contabilização formal.

O investigado é um dos maiores vendedores da região Sudoeste da Bahia, e a prática do comércio irregular dos produtos permitia a movimentação financeira de milhões de reais. Sem qualquer receio de que fosse alcançado pelas leis penais, o suspeito expunha a marca da empresa livremente na rede social, ampliando o público consumidor para todo o país.

O homem será indiciado pela prática do crime de descaminho, cuja pena máxima pode chegar a 4 anos de prisão, e crime contra a ordem tributária com pena prevista de reclusão de dois a cinco anos e multa.

Ascom PF

Neste sábado, a PF (Polícia Federal) prendeu o terceiro suspeito de envolvimento nas mortes de Bruno e Dom. Jefferson da Silva Lima, conhecido também como "Pelado da Dinha", se entregou para as autoridades hoje após saber pela sua família que a polícia o procurava.

Segundo a corporação, ele será interrogado e, em seguida, encaminhado para audiência de custódia. Ele é apontado como alguém que participou diretamente do duplo homicídio e ajudou na ocultação dos corpos. Lima se apresentou por volta das 6h na Delegacia de Atalaia do Norte, no extremo oeste do Amazonas.

Além de Lima, a PF prendeu primeiro o pescador Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como "Pelado", que confessou ter esquartejado e enterrado os corpos. Depois, o irmão dele, Oseney de Oliveira, foi preso, mas negou envolvimento no duplo homicídio.

O pescador que levou a polícia até o local onde estavam os restos dos corpos de Dom e Bruno. O material foi enviado para análise na quinta-feira (16). Nesta sexta-feira (17), a PF confirmou que as partes encontradas eram de Dom e neste sábado o outro corpo foi identificado como de Bruno.

QUEM SÃO AS VÍTIMAS?

Dom era correspondente do jornal The Guardian. Britânico, ele veio para o Brasil em 2007 e viajava frequentemente para a Amazônia para relatar a crise ambiental e suas consequências para as comunidades indígenas e suas terras.

O jornalista conheceu Bruno em 2018, durante uma reportagem para o Guardian. A dupla fazia parte de uma expedição de 17 dias pela Terra Indígena Vale do Javari, uma das maiores concentrações de indígenas isolados do mundo. O interesse em comum aproximou a dupla.

Bruno, servidor licenciado da Funai (Fundação Nacional do Índio), era conhecido como um defensor dos povos indígenas e atuante na fiscalização de invasores, como garimpeiros, pescadores e madeireiros. Em entrevista ao UOL, o líder indígena Manoel Chorimpa afirmou que o indigenista estava preocupado com as ameaças de morte que vinha sofrendo.

Uma caminhonete L200 Triton / Mitsubishi foi furtada e incendiada momentos depois em uma estrada vicinal no distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá.Informações Blog Marcos Frahm.

O veículo teria sido furtado na porta da casa do proprietário, que fez a denúncia em rede social e posteriormente queimado pelos autores do crime, segundo informações da Polícia Militar, que divulgou imagens do veículo incendiado. O caso é apurado pela polícia.

 

A Polícia Militar da 93ª CIPM do 1° Pel - do municipio de Maracás em ronda  por volta das 01h30min pela ruas da cidade avistou um veículo Fiat Strada, cor preto, pp FZC-1970 - Jequié-Ba., transitando nas proximidades da praça da feira, com um paredão de som (acoplado a carroceria) e o volume demasiadamente alto. 

Momento que foi feito o acompanhamento até a Rua Valdevino Soares, local em que o condutor fora abordado segundo a Policia Militar o condutor não apresentava sinais de embriaguez alcoólica. Asim que foi r foi informado da irregularidade o mesmo conduziu o veículo até o quartel, ficando apreendido o veículo e o paredão.

Foto/Fonte:93ª CIPM de Maracás

OUÇAWEB RÁDIO ITIRUSSU

Notícias de Itiruçu

Anúncios


Notícias do Esporte

Instagram

Facebook