Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Prefeito de Brumado comenta pedido de impeachment aprovado na câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 8 de julho de 2020 - 0 Comentários

Foi aprovado na última segunda-feira (06), por 9 votos a 4, o pedido de impeachment do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) na Comissão Processante sorteada na mesma noite da apresentação de admissibilidade/prosseguimento. Agora a denúncia feita pela AUCIB será investigada mais a fundo pela Câmara de Brumado. Lá são necessários dois terços dos votos dos vereadores para que Eduardo seja impedido, ou seja, 8 votos. Informações do site 97news .

O prazo máximo é de 90 dias para ser julgado no Plenário, mas opositores dizem que pode acontecer antes. Após a repercussão do impeachment no município, o prefeito se manifestou nas redes sociais na noite de terça-feira (07). 

Em vídeo, Eduardo Vasconcelos criticou a denúncia feita, na qual segundo ele, "por três indivíduos" e acatada pela oposição ao seu governo. "Trata-se de um acordo firmado pela oposição, com medo do enfrentamento da [força do trabalho] nas próximas eleições. 

Ainda no vídeo, o gestor disse que o trabalho da administração municipal vai continuar. "As obras continuam a todo vapor, [hoje] mesmo reunimos com todo secretariado, pois nossa missão é continuar trabalhando incansavelmente oferecendo a população uma educação de qualidade, uma saúde de alta resolutividade e obras por todo canto", afirmou Vasconcelos. 

Segundo o site 97news  o prefeito disse  que os vereadores agiram de forma equivocada e que a denúncia feita pela AUCIB, não possui embasamento. "Será comprovado tratar-se de uma denúncia infundada, com intuito de tirar Brumado dos trilhos, do progresso e, sabemos, que o bem sempre vence o mal", relata. 
Foto: Reprodução do 97news


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar