Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




AASP manifesta-se, atraves notas de repúdio contra Bolsonaro

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 21 de abril de 2020 - 0 Comentários

Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) manifesta-se, em duas notas de repúdio, sobre atos do presidente Bolsonaro.
À vista dos recentes acontecimentos, a Associação dos Advogados de São Paulo - AASP,   reafirmou que  seu compromisso com o Estado Democrático de Direito e todos os valores a ele inerentes. A AASP, defendeu o regular funcionamento e o devido respeito às instituições democráticas, o que se impõe e se justifica, com maior razão, nos momentos mais delicados. 

Em nota a AASP repudiou o ato de apoio do Presidente Bolsonaro apoio ao AI-5 e à intervenção militar  no País. Colocam o governo em rota de colisão com a democracia e as suas instituições.
Veja a nota na integra:

"O Colégio de ex-Presidentes da Associação dos Advogados de São Paulo - AASP vem a público manifestar seu repúdio a qualquer tentativa de ataque à Constituição Federal e ao Estado Democrático de Direito. 

As recentes participações do presidente da República em atos de apoio ao AI-5 e à intervenção militar colocam o governo em rota de colisão com a democracia e as suas instituições. Tal conduta, além de negar o Estado de Direito, é manifestamente contrária às normas de distanciamento social estabelecidas pela OMS e pelo Ministério da Saúde diante da pandemia da covid-19 que assola o mundo. 

Nós, que estivemos à frente da AASP, entidade que tem na sua trajetória um histórico de luta pela conquista e manutenção do Estado Democrático de Direito, entendemos que não se pode admitir retrocessos em relação à democracia e às liberdades conquistadas há mais de 30 anos. Todos os brasileiros que compreendem a gravidade humanitária da pandemia do coronavírus e estão comprometidos com a liberdade individual e a autodeterminação coletiva precisam trabalhar juntos, acima de quaisquer diferenças políticas. 

Estaremos todos sempre vigilantes e atentos para que se mantenha, incólume, o Estado Democrático de Direito. São Paulo, 20 de abril de 2020".


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar