Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Bolsonaro diz que militares vão pra uma quase ‘guerra’ no Ceará

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020 - 0 Comentários

Bolsonaro diz que manda jovens militares para uma quase guerra

Ao anunciar a assinatura do decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas para conter a crise na segurança pública do Ceará, que enfrenta uma greve de policiais militares, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou para pedir que o Congresso aprove um projeto de lei enviado por ele que flexibiliza o conceito de excludente de ilicitude para agentes de segurança durante operações desse tipo.

Bolsonaro justificou que esse tipo de contingente geralmente inclui jovens soldados que podem enfrentar problemas num contexto de violência urbana. “A minha consciência fica pesada nesse momento, que tem muitos jovens de 20, 21 anos de idade, que vão estar na missão. Vão cumprir uma missão que se aproxima de uma guerra, e depois, caso venha qualquer problema, podem ser julgados por lei de paz. 

Temos que dar garantia jurídica, retaguarda jurídica para esses militares das Forças Armadas que estão nessa missão. É irresponsabilidade nós continuarmos fazendo essa operação sem dar a devida garantia para esses integrantes das Forças Armadas”, acrescentou Bolsonaro.
A tensão na segurança pública do Ceará subiu de grau na quarta-feira 19, quando o senador Cid Gomes (PDT-CE) levou dois tiros ao tentar invadir, pilotando uma retroescavadeira, um quartel com policiais militares em greve amotinados em Sobral, no interior do estado.
Itiruçu Notícias |  Fonte Veja


Não se esqueça de ler isso também ...

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar