Arrow

VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

Preço da gasolina volta a subir na Região Nordeste

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 26 de setembro de 2019 - 0 Comentários


Depois de um período de baixa, o preço dos combustíveis voltou a subir nos postos da Região Nordeste, revela o levantamento de agosto do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina avançou 5,6%, com o litro vendido à média de R$ 4,548. Foi a maior alta registrada para o combustível em todas as regiões do País. O preço do etanol também ficou 0,3% mais caro em relação à média de julho, comercializado a R$ 3,707.

"Analisando o comportamento de preços na região, a gasolina, que no mês anterior registrou no Nordeste a menor média de todo o território nacional, saltou para a maior variação no preço médio. Se compararmos a diferença com a menor média, localizada nos postos do Sul, o valor desembolsado pelos motoristas nordestinos chega a ser 7% superior", comenta o Diretor-Geral de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

No recorte local, o Rio Grande do Norte registrou a gasolina mais barata, com o litro vendido a R$ 4,404, ante os R$ 4,702 do Piauí. A Bahia, pelo segundo mês consecutivo, liderou o ranking do menor preço médio do etanol, com o litro comercializado a R$ 3,469, ante os R$ 3,954 dos postos do Maranhão.

Em Pernambuco, foi encontrado o menor preço médio para o diesel comum e o diesel S-10: R$ 3,591 e R$ 3,555, respectivamente. Por lá, outro destaque foi a alta no gás veicular natural (GNV), que avançou 3,7%, o maior aumento registrado para o combustível em todo o País.

Os motoristas de Alagoas pagaram até 8% a mais pelo diesel comum e diesel S-10, em agosto, vendidos a R$ 3,817 e R$ 3,849, respectivamente. Os postos de Sergipe se destacaram pelo recuo de 2% no preço médio da gasolina, com o litro a R$ 4,584, ante os R$ 4,672 do mês anterior. Já na Paraíba o combustível ficou 1,6% mais barato, e o que mais pesou no bolso dos motoristas paraibanos foi o GNV, que liderou o ranking de mais caro da região, vendido a R$ 3,743.

No contexto nacional, com exceção do etanol e do GNV, foi um período de baixa no preço dos combustíveis nos postos de todo o País. Em agosto, o litro da gasolina registrou o recuo mais expressivo (1%), com o litro vendido a R$ 4,50, ante os R$ 4,544 de julho.

Já o etanol ficou 0,2% mais caro (R$ 3,54) e destaca-se pela variação de preços, que chega a 17%, quando a média da Região Centro-Oeste (R$ 3,103) é comparada com a da Região Norte (R$ 3,761). O GNV apresentou alta de 0,32%, comercializado a R$ 3,346, ante os R$ 3,336 do mês anterior.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE