Arrow

VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

Itiruçu: Oposição acusa secretário de pratica de "petrolinho"

Por: Ed Santos - quinta-feira, 2 de maio de 2019 - 0 Comentários


O vereador de Itiruçu pela oposição Roberto Silva (PSL), popular Robertão, usou a tribuna da Câmara, redes sociais entre outros meios de comunicação para acusar o Secretário de Transportes do município Ubiratan Moraes da Silva de irregularidades quanto ao uso de combustíveis em veículos que segundo o vereador denunciante não prestam serviços ao município.

Entre as acusações do vereador contra o secretário estão: uma caçamba que supostamente teria sido levada ao desmanche em 2017, mas que segundo ele forneceu dados de abastecimento até fevereiro de 2019 e que ainda o proprietário não era prestador de serviços ao município.

Os outros são uma ambulância sem condições de uso, um pálio licenciado de São Paulo, uma F4000 e uma van licenciada de Jaguaquara que deixou de servir à gestão municipal em 2017 segundo o vereador em pronunciamento no legislativo municipal.

Segundo a peça acusatória do opositor, a ambulância que estava parada e sem condições de uso rodou em dezembro de 2018 a quilometragem de 839 km; e que a Secretaria de saúde havia respondido a questionamentos sobre os veículos, advertindo que a referida ambulância não fazia parte dos veículos em uso pelo município.

O vereador ainda acusou a secretaria de transporte de ter abastecido o veículo Pálio de Placa DUG-8513, licenciado de São Paulo, em 2017 com gastos de  R$ 44.350, em 2018 de R$ 16.000,00 e nos meses de janeiro e fevereiro de 2018 a quantia de quase R$ 4.000,00.

Consta ainda na denúncia publicada pelo edil outro veículo, uma VAN, Placa NZJ 1263, licenciada de Jaguaquara, que não prestava serviços ao município desde 2017, mas mantido o abastecimento no ano de 2018 no valor em combustível de R$ 41.100,044 e de R$ 5.176,07 em 2019. E ainda F4000 cor vermelha, placa  JLW- 9199, licenciada de Itiruçu, teria abastecido em 2018 com a quantia de R$ 28.794,098, período que também não prestava mais serviços a prefeitura de Itiruçu.

O vereador ainda diz que pelas denuncia, acredita que motivou a redução de quase R$ 70 mil nos três primeiros meses deste ano, se comparado com os do ano passado.

O vereador ainda quer que a Prefeita Lorenna demita o secretário Ubiratã, pois segundo o opositor poderia atrapalhar as investigações caso continue no cargo.

Em ligação para a Itiruçu FM, o vereador disse que são acusações graves, dizendo não ser nada pessoal, que está triste por ter que denunciar. Ele falou ainda que recebeu ligações anônimas com ameaças e que se sofrer qualquer arranhão já tem os nomes para a justiça indiciar.

Na última segunda, o edil subiu o tom e chegou a xingar o secretário de ladrão e dizer que há um petrolinho no município, isso após ter um requerimento barrado pelo voto dos 6 vereadores contra a convocação do referido secretário de transportes. Na rádio o vereador disse ainda que sempre foi lavrador, que nunca gostou muito de política e que é honesto, sofrendo por isso.

As denúncias geraram comentários na cidade e já embalam os bastidores políticos para as eleições de 2020.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE