Arrow

PRESSIONE o botão PLAY para reproduzir a rádio, caso não toque automaticamente. Estamos em fase de testes...




Ensino de Libras será obrigatório nas escolas públicas brasileiras

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 21 de maio de 2019 - 0 Comentários


A  comissão de Educação aprovou a proposta que torna obrigatório que as escolas públicas brasileiras ofereçam o ensino de Libras (Língua Brasileira de Sinais), sendo a matrícula facultativa para os alunos.
A proposta foi apresentada pelo deputado Diego Garcia, Projeto de Lei 2040/11. Essa lei torna obrigatório que as escolas ofertem o ensino de Libras desde a educação básica. Essa Lei será uma grande impulsionadora para uma educação inclusiva e que proporcione os direitos básicos de educação para todos.

Os municípios que possuem menos de 10 mil habitantes não serão obrigados a oferecer o ensino de Libras. Por outro lado, aqueles que possuem mais de 10 mil habitantes, terão um período de até 7 anos para implementar, gradualmente, a nova lei. Veja os prazos:

180 dias: capitais estaduais e do Distrito Federal;
2 anos: municípios com mais de 100.000 (cem mil) habitantes;
4 anos: municípios com mais de 50.000 (cinquenta mil) habitantes;
7 anos: municípios com mais 10.000 (dez mil) habitantes.
De acordo com o IBGE, atualmente existem 45,6 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência, isso corresponde a 23,9% do número total da população. O número de pessoas surdas ou com algum grau de deficiência auditiva chega aos 10 milhões. Aproximadamente 800 mil dessas pessoas têm até 17 anos de idade.
Por isso o surgimento da nova Lei é necessário para que essas crianças e adolescente tenham acesso a educação de forma inclusiva e de qualidade.

A Língua Brasileira de Sinais, Libras, é a segunda língua oficial brasileira e também a segunda mais utilizada no país. Assim, cada vez mais pessoas ouvintes vêm buscando se especializar na área. Os impactos positivos que isso pode gerar no país são imensuráveis, principalmente os que não podem ser vistos a curto prazo, como a melhora do aspecto psicológico das pessoas com a deficiência auditiva ou surdas.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE



 Gilnar