Arrow

VERSÍCULOS BÍBLICOS


PUBLICIDADE

Ibametro reprova 60% dos pescados na Operação Páscoa

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 3 de abril de 2019 - 0 Comentários


O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia e autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, reprova 60% das 450 unidades de pescados congelados na Operação Páscoa. Este é o balanço parcial da operação, realizada de 25 de março a 05 de abril, para fiscalizar alimentos consumidos no período, em virtude do cardápio da Semana Santa.

Entre os produtos fiscalizados estão ovos de chocolate, bombons, colombas pascais, azeite de dendê, leite de coco, castanhas, camarão seco e amendoim, além dos pescados. Os demais produtos alcançaram índice de reprovação de 10 a 15%.

Quanto aos tipos de peixes: Foram fiscalizados 24 tipos de pescados, tais como bacalhau, corvina, merluza, dourado e sardinha. “O problema do pescado é o gelo, que não pode ser cobrado ao consumidor. Este deve pagar apenas pelo peso do produto. Assim, em laboratório aplicamos uma técnica específica de desglaciamento que permite checar o peso real do produto e apurar se está havendo danos ao consumidor” alerta o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal.

Os fiscais percorrem estabelecimentos comerciais, entre supermercados, mercadinhos e padarias. Os produtos coletados estão sendo analisados em laboratório metrológico para averiguar se o conteúdo dentro da embalagem está de acordo com o indicado no rótulo.

Penalidades: “Os estabelecimentos comerciais onde forem encontradas irregularidades terão dez dias para apresentar defesa. Uma vez comprovados os erros em laboratório, eles estão sujeitos a multas que podem chegar a R$1,5 milhão, conforme critérios como reincidência e porte do estabelecimento”, acrescenta o diretor-geral do órgão.

Denúncias: ao desconfiar de irregularidades, o consumidor deve denunciar a Ouvidoria do Ibametro pelo WhatsApp (71) 99704-2587 ou ligação gratuita 0800-0711888.
crédito: Ascom - Ibametro


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.


MAIS LIDAS DO MÊS