Precisamos cuidar dos nossos rios”, diz o deputado baiano - Itiruçu Notícias - Você conectado com a informação
Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

Como começou o São Pedro de Itiruçu?

A maior festa do município de Itiruçu o São Pedro de Itiruçu já tem 62 anos de tradição. Segundo o professor e historiador Marcos Cesar, o São Pedro de Itiruçu tem origem nos anos 50 do séc XX, quando o médico Dr. Antenor Rodrigues Costa, que concluiu o curso de medicina e foi trabalhar na cidade de Maraú "Recôncavo da Bahia", mas resolveu mudar para outra cidade, mas que tivesse a terminação em u, e a cidade escolhida foi Itiruçu. Na época era raro ter médico em cidade pequena e DR, Antenor sentiu falta de lazer, pois Itiruçu não tinha o que oferecer em lazer, então resolveu reunir a sociedade itiruçuensse, e na reunião ficou decidido a criação de um clube social. O Senhor Vivaldo Bastos fez a doação do terreno, localizado na Rua Presidente Vargas, onde hoje se encontra o Posto de Saúde. Com a contribuição em dinheiro e mão de obra, ergue-se o clube, que foi batizado com o nome de "Sociedade Lítero Recreativa de Itiruçu" (SLRI) sendo inaugurado em 1956, com grande festejos e pompas, dando inicio naquele ano a festa de São Pedro...CONTINUE LENDO

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus.
“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa àqueles que o buscam.” - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS



BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Precisamos cuidar dos nossos rios”, diz o deputado baiano

Por: Itiruçu Notícias - sábado, 23 de março de 2019 - 0 Comentários


O Dia Mundial da Água mobiliza, nesta sexta-feira (22), ativistas em todos os estados brasileiros e chama a atenção para dois grandes desastres que culminaram na morte de dois importantes rios do Brasil: o Rio Doce (com o rompimento da barragem de rejeitos em Mariana) e o Rio Paraopeba (com a tragédia em Brumadinho) – os dois casos aconteceram em Minas Gerais. O deputado estadual Marcelo Veiga (PSB) chama a atenção para ambas as calamidades e cita que na Bahia é preciso mais políticas de acesso ao recurso natural. O tema ‘Água para Todos’ será o foco das manifestações deste 22 de março. “São tragédias que não podem ser esquecidas, quase quatro centenas de pessoas morreram e milhares ficaram sem sua maior fonte de renda que era decorrente desses rios”.

Marcelo Veiga lembra das dificuldades de vazão de alguns mananciais na Bahia, como o Rio Utinga, na Chapada Diamantina. Ele ainda destaca sua contribuição como diretor da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). “Fui diretor da Embasa e despertei um sentimento de absoluta proteção a esse elemento tão importante para a vida humana, sobrevivência de animais e vegetais no planeta. Nós estamos tão habituados com a presença da água que só damos conta da sua importância quando ela falta. A água está diretamente ligada à agricultura familiar, uma das maiores fontes de renda do Estado baiano. E o recurso é um direito de todos e precisamos cuidar dos nossos rios”, salienta o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

O Dia Mundial da Água foi instituído via Organização das Nações Unidas (ONU), por meio de uma resolução de 21 de fevereiro de 1993, determinando que o 22 de março fosse a data oficial. Esse dia foi criado com o objetivo de alertar a população mundial sobre a importância da preservação da água. “A compreensão sobre a importância da redução do uso deste recurso natural é uma das principais metas de organizações. O acesso à água e ao saneamento são direitos fundamentais. Entretanto, mais de dois bilhões de pessoas não dispõem dos serviços básicos, segundo aponta relatório da ONU. O Brasil tem 12% da água doce mundial, mas o maior percentual está distribuído na região norte do país”, finaliza o deputado.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS