Arrow

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

Dazo: Um exemplo de vida
Figura muito dócil e querida em toda Itiruçu, alegre e de temperamento fácil, cativante e prestativo; Estou falando de Gildásio Rodrigues de Souza, ou simplesmente DAZO, filho de D. Cecília, irmão de Lucy e Jaime Boró, e cunhado de Didi...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus. - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

Bolsonaro diz que Bebianno mentiu e exonera o Ministro

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019 - 0 Comentários


O presidente Jair Bolsonaro determinou no fim desta sexta-feira, 15, a exoneração do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno. 
A decisão aconteceu depois de uma reunião entre o Bebianno, o presidente Jair Bolsonaro e integrantes do governo, como o vice-presidente Hamilton Mourão.

A saída oficial do ministro deve ser oficializada na próxima segunda-feira, 18, no Diário Oficial. A Folha de S. Paulo afirma que Bolsonaro já deixou o ato de exoneração assinado.

Entenda o caso

A crise entre os membros do PSL aconteceu depois da divulgação de uma reportagem da Folha de S. Paulo que aponta que o grupo do presidente do PSL, Luciano Bivar, criou uma candidatura ‘laranja’ que recebeu R$ 400 mil de dinheiro público para as eleições. O dinheiro para a candidata, uma senhora de 68 anos que só teve 274 votos, teria sido liberado por Bebianno.

O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição. Na época, o hoje ministro da Secretaria-Geral da Presidência era presidente interino da legenda e coordenador da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), com foco em discurso de ética e combate à corrupção.

Ele teria liberado ainda R$ 250 mil de verba pública para a campanha de uma ex-assessora, que repassou parte do dinheiro para uma gráfica registrada em endereço de fachada —sem maquinário para impressões em massa.

A candidatura laranja virou alvo da Polícia Federal, da Procuradoria e da Polícia Civil do estado.
O então ministro negou que estaria protagonizando uma crise no governo Bolsonaro e afirmou que chegou a trocar mensagens com o presidente sobre o caso.

Na quarta-feira, 14, o filho de Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro, afirmou que o Bebianno estava mentindo. ““Ontem estive 24h do dia ao lado do meu pai e afirmo: ‘É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano [sic] que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista’”, disse. 

Bolsonaro também negou ter conversado com Bebianno e chegou a declarar, em entrevista à TV Record, que, caso fosse culpado, o ministro seria punido.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS