Temer gastou R$ 100 mil para gravar fala de 4 minutos - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Temer gastou R$ 100 mil para gravar fala de 4 minutos

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 - 0 Comentários


O ex-presidente  Michel Temer gastou R$ 100.000 com a gravação de 1 único pronunciamento em um vídeo que fala por menos de 4 minutos., exibido em comemoração ao dia da Proclamação da República (15.nov.2018),

Para dirigir a peça, foi contratado o cineasta Bruno Barreto, conhecido por filmes como Dona Flor e Seus 2 Maridos (1974), O Que É Isso, Companheiro? (1997) e Última Parada 174 (2008).

Segundo o Planalto, a escolha foi feita por tratar-se de 1 cineasta “conhecido internacionalmente por filmes que retratam a realidade brasileira”. A ideia é que gravação fosse feita de “uma maneira descontraída, mas íntima e, por isso, mais humana” e fotografia tivesse qualidade “de cinema, com mais contraste, simulando a luz do dia natural”

Como justificativa para os custos, o Planalto afirma ainda ser necessário “ter direção de arte contratada, para compor o ambiente de gravação”. O vídeo no qual o ex-presidente fala à câmera sentado num cômodo de sua própria residência, em São Paulo– teria exigido a mobilização de uma equipe de “até 20 pessoas”.

O governo federal controla duas emissoras: a TV Brasil e a NBR. A EBC, empresa de comunicação estatal federal, tem milhares de funcionários. A NBR é usada quase que exclusivamente para transmitir pronunciamentos de autoridades, inclusive do presidente da República. 

Segundo informação da equipe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República ainda sob Michel Temer, a razão de ter desprezado funcionários do governo foi bem simples. “Deixamos de fazer com a EBC pela falta de qualidade das imagens“, disse o comando de Temer que chefiou a Secom até o final de 2018. 

Na gravação que foi ao ar, Michel Temer fica o tempo todo sentado, quase sem se mexer, e a gravação não indica nenhum grau de complexidade para sua execução.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores