PRTB, partido de Mourão, quer Collor na presidência do Senado - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

PRTB, partido de Mourão, quer Collor na presidência do Senado

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 - 0 Comentários


O PRTB, partido do vice-presidente, general Hamilton Mourão, tem se movimentado nos bastidores da eleição da presidência do Senado em prol da candidatura de Fernando Collor (PROS-AL), segundo divulgou o jornal Estado de São Paulo.

Ao menos cinco senadores, procurados pelo jornal Estado de São Paulo, relataram ter recebido telefonemas do brigadeiro Átila Maia, filiado ao PRTB, pedindo votos para o senador alagoano, em nome de Mourão. O vice, no entanto, repudiou a ação e disse que Átila “não pertence à sua equipe”, segundo o jornal.

Na última sexta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) escreveu e repassou um bilhete ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), perguntando sobre Collor, em uma uma cerimônia de posse de novos procuradores encontro, na sede da Procuradoria Geral da República.

Fotógrafos registraram imagens do bilhete na mão do presidente, no qual é possível ler “Collor é …dato?”, com parte da frase escondida sob o dedo de Bolsonaro. Ao jornal O Estado de São Paulo, Mourão disse não fazer “militância”. Já o presidente do PRTB, Levy Fidelix, não retornou às ligações e Átila Maia não foi localizado pelo jornal. A eleição da presidência do Senado está marcada para o dia 1º de fevereiro.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS