Presidente da AFPB falece vítima de infarto fulminante - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Presidente da AFPB falece vítima de infarto fulminante

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 22 de janeiro de 2019 - 0 Comentários


Faleceu na tarde da ultima sexta-feira(18), Armando Campos de Oliveira, 86 anos, Presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia(AFPB), vítima de um infarto fulminante. O sepultamento será neste sábado(19), no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, às 16hs. O corpo será velado na capela A.

Armando Campos era delegado aposentado, foi Presidente do Sindicato dos Delegados (ADPEB),nos períodos de 1979 a1987 e em 1992 a 1993, e estava há mais de vinte anos à frente da Presidência da AFPEB. O Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, lamenta o falecimento de Armando Campos . " Foi uma pessoa extremamente importante para a categoria da Polícia Civil. Ele era um estadista, um homem público que sempre lutou para enaltecer os policiais civis. A Bahia está de luto! A Associação travava uma luta cotidiana em defesa dos funcionalismo público", pontua o dirigente sindical.
Lembrado com muito carinho por lideranças do Estado,  lamentam falecimento de presidente da Afpeb através da Secretaria da Administração (Saeb) . segundo nota Oliveira deixou legado importante para a Afpeb, com ampliação de seu patrimônio e uma gestão integrada, com destaque às atividades de entretenimento, prevenção à saúde e diálogo aberto entre as categorias.

“Ele era uma figura extraordinária, que conseguia transitar entre as categorias. Ampliou o lugar da Afpeb para além do entretenimento, com atendimento médico e odontológico para os associados, além de promover lutas em prol dos servidores e possuir visibilidade em outras esferas, como a federal. Respeito por seu legado”, declarou Marinalva Nunes, ex-dirigente da APLB-Sindicato e membro fundadora da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab).


O superintendente de Previdência da Saeb, Eduardo Matta, também prestou sua homenagem. “Lembro-me bastante do Armando Campos quando cheguei no Conprev. Ele já fazia parte do Conselho, representando os servidores, via Afpeba. Era um delegado, já aposentado, de voz mansa, muito educado e cortês com os colegas. Em sua representação dos servidores, sempre atuou primando pela legalidade”, destacou.

Adriano Tambone, superintendente de Recursos Humanos da Saeb, é mais uma voz a reforçar a importância de Oliveira para os servidores baianos. “Doutor Armando era um grande defensor das causas do funcionalismo público. A sua capacidade de diálogo e a postura sempre propositiva à frente da Afpeb foram decisivas para a conquista de importantes avanços para diversas categorias. Ele deixa uma lacuna difícil de ser preenchida”, encerra.
Foto Reprodução


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores