Governo analisa demissão por mau desempenho de funcionários - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Governo analisa demissão por mau desempenho de funcionários

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 29 de janeiro de 2019 - 0 Comentários


O governo federal afirmou nesta semana que não pretende acabar com a estabilidade de funcionários públicos, mas reconheceu que cogita realizar uma série de ajustes no setor. Uma reportagem do jornal O Globo indica que acabar com o direito, determinado na Constituição, seria algo muito difícil e geraria desgastes no Congresso.

No final do ano passado, governadores de diversos estados brasileiros se reuniram com o presidente Jair Bolsonaro, entregando a ele uma carta na qual defendiam algumas medidas que poderiam ajudar a resolver a crise financeira dos estados. Entre as sugestões estava o fim da estabilidade de servidores públicos. A medida, no entanto, não seria fácil.

“Simplesmente acabar com a estabilidade seria muito desgastante, uma vez que esse é um direito que foi assegurado ao funcionalismo federal e aos estados pela Constituição. Existe uma outra forma de dar maior eficiência ao funcionalismo”, explica um integrante da equipe de Paulo Guedes, o ministro da Economia.

A equipe estaria estudando, no entanto, regulamentar duas situações: direito a greve e possível demissão por mau desempenho
É preciso, segundo ele, regulamentar alguns pontos do funcionalismo público, como as demissões. “Hoje, por exemplo, é muito difícil demitir um servidor por incompetência. Falta uma regulamentação. Quem é demitido acaba conseguindo voltar, depois que entra na Justiça. Isso tem que ser aperfeiçoado e pode ser feito por lei complementar”, aponta.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS